Vigilância eletrónica para condenado duas vezes por violência contra os pais

SEGURANÇA

Por REDAÇÃO
02 outubro 2020

Um homem, 49 anos, condenado duas vezes por crimes de violência doméstica contra os pais, de 74 e 75 anos, e de ambas as vezes com pena suspensa, foi detido pela PSP, na Parede e presente a tribunal viu ser-lhe aplicada a medida de coação de afastamento controlado por vigilância eletrónica.

O suspeito, segundo a PSP, foi detido com base num mandado de detenção emitido pela Autoridade Judiciária e estava a ser investigado pela prática do ilícito contra os seus pais.

De acordo com a PSP, o homem tinha sido condenado em 2019 pela prática do mesmo crime à pena de dois anos e dois meses de prisão a qual ficou suspensa na sua execução por três anos.

Já este ano, foi novamente condenado pelo mesmo tipo de crime na pena de prisão de um ano e oito meses, suspensa por igual período, sendo que nas duas situações foi-lhe ainda aplicada a pena acessória de proibição de contatos.

Aparentemente, voltou a reincidir e acabou detido, mas submetido a primeiro interrogatório judicial e apesar das duas condenações e encontrar-se com pena suspensa foi-lhe apenas aplicada a medida de coação de afastamento sujeito a vigilância eletrónica.


Detido para cumprir 2 anos e 3 meses de prisão

Entretanto, um outro homem, 36 anos, condenado por violência doméstica e dano, foi detido esta quarta-feira pela PSP, em Cascais, para cumprir pena efetiva de prisão.

Sobre o homem pendia um mandado de detenção para cumprimento de pena efetiva de prisão de dois anos e três meses.

O indivíduo foi conduzido ao Estabelecimento Prisional de Lisboa para cumprimento da pena.



 


Sem comentários:

Publicação em destaque

BOMBEIROS de Parede salvam canídeo de poço. Veja o vídeo do resgate

CANÍDEO aguarda pelo socorro (Créditos: BVParede) RESGATADO COM SUCESSO . Um canídeo foi resgatado, esta quarta-feira, de manhã, pelos Bomb...

FOI NOTICIA

BLOGS