“Vem dizer #NÃOaoBETÃO” aos sábados à tarde na Quinta dos Ingleses em Carcavelos

ATUAL

ATIVIDADES não vão faltar, todos os sábados, à tarde, na Quinta dos Ingleses

Por REDAÇÃO
28 abril 2021 | 17h51

“Vem dizer #NÃOaoBETÃO”, é o mote do SOS Quinta dos Ingleses, que está a organizar até 12 de junho próximo, todos os sábados, entre as 15h00 e as 19h00, várias atividades para sensibilizar a população para o potencial dos 52 hectares de área verde, ameaçados por uma mega-urbanização. 



Entre as várias atividades previstas para os “Sábados na Quinta” estão visitas históricas, com orientador, sessões de pintura de cartazes e faixas em defesa da Quinta, bem como outras iniciativas culturais e desportivas, a divulgar nas redes sociais desta causa, sempre subordinadas às efemérides da semana.

O SOS Quinta dos Ingleses convida todos os que prezam ou ainda não conhecem a Quinta dos Ingleses (ou Quinta Nova de Santo António), a conhecer o grupo de voluntários e a participar nas diversas atividades.

A iniciativa arrancou no último sábado, com a recolha de mais assinaturas para a consulta pública do loteamento, que o SOS Quinta dos Ingleses contesta. 

PROGRAMA de atividades promete até 12 de junho

Já no próximo sábado, 1º de maio, a organização antecipa o Dia da Mãe com o tema “Defender o Futuro dos Nossos Filhos”.

A 8 de maio tem lugar a “Semana do Dia Mundial do Trânsito e o Dia da Europa” e no dia 15 a Semana do Dia da Espiga e do Dia Internacional da Família”.

Ainda em maio, no dia 22, o “pulmão verde de Carcavelos” organiza o Dia da Biodiversidade na semana do Dia Europeu do Mar, do Dia Mundial das Abelhas”.

A 29 de maio, por seu turno, a Quinta dos Ingleses é palco da “Semana do Dia Europeu dos Parques Naturais”.

Para 5 de junho está prevista a Semana do Dia Mundial da Criança e do Dia Mundial do Ambiente” e, finalmente, para dia 12 a “Semana do Dia dos Oceanos e do Dia de Portugal”.

A organização desafia “todos  a participarem neste evento”, que será promovido nas redes sociais do SOS Quinta dos Ingleses (Facebook, Instagram e site www.sosquintadosingleses.com). 


“Esta iniciativa visa a angariação de voluntários para o SOS Quinta dos Ingleses, preparar a realização de um novo “cordão humano pela Quinta dos Ingleses”, e apelar à participação da população naquela que será a derradeira consulta pública do Plano de Pormenor do Espaço de Reestruturação Urbanística de Carcavelos Sul (PPERUCS)”, diz a organização em comunicado, no qual apela “à participação de todos nesta consulta onde cerca de oito mil e quinhentas pessoas se manifestaram contra”, naquele que, provavelmente é um recorde nacional de participação numa consulta pública local”.

“Quando por todo o País os municípios anunciam gastar milhões de euros na criação de parques urbanos e/ou preservação da Natureza, em Cascais, o executivo camarário liderado por Carlos Carreiras opta por construção em toda a Orla Costeira da linha do Estoril e assim em benefício da construção deixa desaparecer um espaço onde já existe um parque naturalizado, e que com um custo mínimo de reabilitação e manutenção poderia servir não só de sumidouro para milhões de toneladas de carbono, como de local de lazer e bem estar aos milhares de pessoas que ali vivem e a quem não é dada outra opção senão a beira mar para estar em comunhão com a natureza”, conclui o grupo SOS Quinta dos Ingleses. 

CONTESTAÇÃO de milhares a mega-urbanização ainda não conseguiu demover o "Mayor" de Cascais, Carlos Carreiras

Este grupo afirma-se “um coletivo apartidário, estritamente cívico, que nasceu em 2018, e prossegue a missão de promover ações no sentido de lutar contra o avanço do atual Plano de Pormenor do Espaço de Reestruturação Urbanística de Carcavelos Sul (PPERUCS)”, que projeta uma mega-urbanização, que terá como “consequência irreversível a destruição do único pulmão verde que resta no Litoral da Costa do Estoril”.



 

 

 


Sem comentários:

NOTÍCIAS MAIS LIDAS nos últimos 7 dias