Um futuro diferente para Cascais

OPINIÃO


07 maio 2021 | 16h30

Em Cascais, a Iniciativa Liberal foi a primeira força política a apresentar os candidatos a todos os órgãos autárquicos para as eleições autárquicas de 2021, e a primeira força política a apresentar um programa eleitoral detalhado de 250 medidas para mudar Cascais e trazer o concelho para o século XXI (www.cascaisliberal.pt). 

A Iniciativa Liberal, que não existia em 2017, fê-lo primeiro que todos os outros. E quisemos ser os primeiros a fazê-lo para demonstrar a todos os Cascalenses que a Iniciativa Liberal consegue fazer melhor e com menos recursos que as forças políticas que têm controlado a autarquia há décadas.  Fazer melhor e com menos recursos é o que precisamos para sair do círculo vicioso de estagnação em que Portugal e Cascais se encontram.

Os elevados impostos pagos por todos nós em Cascais (na realidade, as muitas horas de trabalho diário de todos nós) servem para pavimentar as ruas esburacadas do concelho apenas em vésperas de eleições, servem para distribuir intermináveis subsídios e apoios apenas àqueles que não criticam nem questionam, servem para que a autarquia se dedique a aventuras empresariais, fundações e associações dominadas por quadros políticos do PSD e dos partidos que gravitam à sua volta.

Este é o Portugal que todos os anos vai ficando para trás na Europa, e Cascais não é exceção. Em Cascais, Carlos Carreiras e Rui Rio digladiam-se publicamente em adjetivações de incompetência mútua, mas na realidade o que ambos ambicionam é o controlo de um orçamento camarário que permite todo o tipo de propaganda política. Há centenas de cartazes da Câmara Municipal de Cascais espalhados por todo o concelho pagos pelos munícipes, há mais de 100.000 exemplares do Jornal “C” em papel a serem distribuídos à conta dos munícipes e há dezenas de placas de inauguração que foram adquiridas recentemente igualmente à custa dos munícipes, já para não falar das aquisições de esferográficas, pipocas e jogos lúdicos, entre outros.

Cada um de nós, quando regressa a casa após um dia ou noite de trabalho, não se pode esquecer que muito desse trabalho foi para pagar todas estas vaidades. É bom relembrar o número de vezes que hesitámos em comprar algo que vimos na seção de frutas ou carne no supermercado ou na loja de roupa para os nossos filhos, e saber que hesitámos porque o nosso trabalho serviu para colocar inúmeros cartazes da Câmara Municipal de Cascais a enaltecer obras, algumas sem data prevista de início.

A Iniciativa Liberal quer um futuro diferente para Cascais. Queremos reduzir os impostos, a burocracia, as intermináveis taxas e taxinhas, a subsídio dependência e a opacidade a que o PSD nos habituou há décadas em Cascais, com a cumplicidade de forças políticas que celebram publicamente a assinatura de cada acordo de vassalagem que lhe permite uns lugares numa empresa ou associação municipal. Queremos ao mesmo tempo melhorar a mobilidade, a qualidade de vida, o ambiente, a justiça social, e acabar com o abandono e o esquecimento do interior do concelho.

Tal como apresentámos candidatos e programa antes de todos os outros partidos (que, apesar de terem muito mais recursos que a Iniciativa Liberal, preferem intrigas palacianas), estamos absolutamente convencidos que é possível fazer mais com menos e que só a Iniciativa Liberal o conseguirá fazer.

Queremos transformar este feudalismo social democrata / socialista numa meritocracia liberal.

É este o futuro que queremos para Cascais.

*Os artigos de opinião publicados são da inteira responsabilidade dos seus autores e não exprimem, necessariamente, o ponto de vista de Cascais24.

 

 


Sem comentários:

Publicação em destaque

BURLÃO apanhado no Estoril para cumprir 5 anos e 3 meses de prisão

Um homem, 60 anos, foi detido por agentes da PSP, no Estoril, para cumprir 5 anos e 3 meses de prisão efetiva por crimes de burla qualificad...

FOI NOTICIA

BLOGS