70 GNRs e polícias apanham armas e drogas a suspeitos de confrontos com armas há um ano na Cruz Vermelha

Segurança

Por Redação
29 janeiro 2020

Uma investigação a confrontos entre dois grupos, que envolveram armas de fogo, há um ano, no bairro da Cruz Vermelha, em Alcabideche, culminou esta quarta-feira, de manhã, numa mega operação da GNR, durante a qual foram identificados quatro suspeitos e confiscadas armas brancas e de fogo, para além de drogas.

Segundo Cascais24 apurou, esta operação mobilizou cerca de 70 operacionais da GNR, incluindo da Unidade de Intervenção, que contaram com o reforço da PSP.

Foram realizadas quatro buscas domiciliárias e duas em veículo na freguesia de Alcabideche (Cascais) e em Rio de Mouro (Sintra).

Nas buscas, judicialmente autorizadas, foi possível identificar quatro suspeitos envolvidos nos incidentes de há um ano.

Todos com largo cadastro


Têm idades entre os 19 e 25 anos e todos eles possuem antecedentes criminais por tráfico de droga, roubos e ofensas à integridade física com recurso a armas de fogo.

Esta mega ofensiva permitiu às autoridades confiscar duas armas de fogo, uma das quais uma caçadeira de canos serrados, bem como 7 cartuchos e três armas brancas, uma delas tipo catana, para além de 903 doses de MDMA e 83 doses de heroína.

O capitão Ricardo Silva, comandante do Destacamento da GNR de Sintra, disse, a Cascais24, que “os indivíduos identificados foram constituídos arguidos, tendo os factos sido remetidos para o Tribunal Judicial de Cascais”.

Imprimir




Sem comentários:

+ populares

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

MULTIMÉDIA.SAÚDE