PJ também fez buscas em Cascais na megaoperação contra os Hells Angels

Segurança

Por Redação
11/07/2018

Cascais também esteve na rota da megaoperação desencadeada, esta quarta-feira, em diversas regiões do País, pela Polícia Judiciária (PJ) ao grupo Hells Angels (Anjos do Inferno), confirmou, a Cascais24, fonte da polícia portuguesa de investigação criminal.

Recorda-se que o motoclube dos Hells Angels em Cascais, a funcionar numa discreta vivenda na Pampilheira, conta com dezenas de seguidores.

No entanto, a mesma fonte policial não precisou quais os locais onde foram realizadas buscas em Cascais, nem confirmou ou desmentiu a detenção de suspeitos na região.


Coordenadora Manuela Santos
Liderada pela coordenadora de investigação criminal, Manuela Santos, da Unidade Nacional Contra-Terrorismo, esta megaoperação mobilizou quatro centenas de inspetores da PJ, que efetuaram mais de 100 buscas em Lisboa, Cascais, Margem Sul, Algarve e Porto, que vieram a culminar na detenção de 56 indivíduos, muitos deles estrangeiros e com idades entre os 30 e os quase 60 anos.


Luís Neves, Diretor Nacional da PJ
Em conferência de Imprensa realizada esta tarde, na presença do Diretor Nacional da PJ e antigo diretor da Unidade Nacional Contra-Terrorismo, Luís Neves, a coordenadora de investigação Manuela Santos revelou que “esta ação insere-se no âmbito de vários inquéritos em que são investigadas as atividades ilícitas desenvolvidas em território nacional pela organização Hells Angels Motorcycle Club (HAMC).”

Ainda segundo a coordenadora, foram detidos vários suspeitos de integrarem esta estrutura criminosa, constituída por indivíduos extremamente perigosos, com vastos antecedentes criminais e larga experiência na área da criminalidade violenta e organizada.

Os detidos serão presentes a partir de esta quinta-feira a primeiro interrogatório judicial para a aplicação da medida de coação.

Em março último, o Motoclube dos Hells Angels (Anjos do Inferno) em Cascais, à semelhança de outros do mesmo grupo motard em Lisboa, Porto, Margem Sul e Algarve, estiveram sob vigilância reforçada por parte das forças de segurança, na sequência do ataque alegadamente protagonizado por este grupo contra membros de Los Bandidos, num restaurante no Prior Velho, em Sacavém, do qual vieram a resultaram seis feridos.

Noticia relacionada 


Imprimir

Sem comentários:

Publicação em destaque

FUNCIONÁRIA do Modelo Continente de Tires salva cliente de 81 anos em paragem cardiorrespiratória

HEROÍNA .  Ao aplicar os seus conhecimentos de suporte básico de vida, com a ajuda de um desfibrilhador, até à chegada dos Bombeiros de Pare...

FOI NOTICIA

BLOGS