Missão de brigada da ASAE com a Marinha no alto mar terminou em Cascais

Segurança

A brigada da ASAE em ação com a Marinha rumo a uma embarcação

Uma brigada da ASAE (Autoridade de Segurança Alimentar e Económica) desembarcou esta quinta-feira, de manhã, em Cascais, no final de uma operação de dois dias, a bordo da corveta da Marinha portuguesa João Roby, que teve por alvo a fiscalização a embarcações de pesca em atividade no mar. 

A equipa da ASAE, constituída por três inspetores e uma perita médica veterinária, embarcou com o navio atracado em Sesimbra no dia 19 e desembarcou esta manhã no cais da Marina de Cascais. 

Ao longo dos dois dias foram fiscalizadas três embarcações que operavam ao largo de Portugal continental, exercendo atividade de pesca e conservação do pescado. 

A fiscalização conjunta permitiu uma abrangência de ação envolvendo a componente de controlo da atividade da pesca, exercido pela Marinha, incidindo na documentação, segurança a bordo, artes e pescado, associado ao exercício do órgão de polícia criminal (OPC), ASAE, com competências específicas e periciais em matérias de higiene e segurança alimentar. 

Inspetor da ASAE analisa o pescado a bordo de uma das embarcações fiscalizadas
Esta operação contemplou uma seleção criteriosa de embarcações alvo, monitorização da sua posição e definição clara de objetivos para fiscalização. 

Como resultado das ações foram instaurados dois processos de contraordenação por falta de requisitos gerais e específicos de higiene no âmbito da Segurança Alimentar, segundo foi revelado no debriefing que juntou esta quinta-feira, em Cascais, na corveta João Roby o Inspetor-Geral da ASAE, Pedro Portugal Gaspar e o 2.º Comandante Naval, Comodoro Oliveira Silva.

A Marinha e a ASAE mantêm uma postura proactiva de grande abertura na cooperação interdepartamental, que assenta no espírito colaborativo e na coerência de esforço, em particular nas áreas de acuação de competência específica, referiram os mesmos responsáveis. 
A corveta da Marinha João Roby no alto mar
 

Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."