RELAÇÃO extraconjugal terá levado cidadã brasileira a desfazer-se do filho recém-nascido perto da Boca do Inferno

SEGURANÇA


EXCLUSIVO

07 agosto 2022 | 16h20

Uma relação extraconjugal com um português, da qual engravidou, terá levado uma cidadã brasileira, 33 anos, a procurar desfazer-se do filho recém-nascido, que abandonou há cerca de um mês, perto da Boca do Inferno, em Cascais, apurou Cascais24Horas.  A mulher, 33 anos, foi agora identificada, localizada e detida em tempo recorde por inspetores da Secção de Homicídios da Polícia Judiciária (PJ) de Lisboa e Vale do Tejo.

Fortemente indiciada pela prática de um crime de homicídio qualificado, na forma tentada, a mulher, que é mãe de dois outros filhos, viu confirmada a prisão preventiva por um juiz de Instrução Criminal de Cascais, tendo recolhido ao Estabelecimento Prisional de Tires.

Segundo a PJ, os factos ocorreram na sequência de uma gravidez indesejada, mantida pela arguida, a que se seguiu, no final do período normal de gestação, um parto sem assistência, ocorrido em casa e o posterior abandono, do recém-nascido, numa zona isolada, com o claro intuito de lhe provocar a morte e dificultar a sua localização por terceiros.

Por motivos completamente alheios ao comportamento e à vontade da arguida, a criança recém-nascida, do sexo masculino, acabou por ser localizada por pessoas que providenciaram por contato com os serviços de emergência médica, possibilitando o transporte, em tempo útil, para unidade hospitalar, evitando assim a morte da criança.

Recorda-se que o bebé, com poucas horas de vida, foi abandonado a 10 de julho último entre arbustos perto da ciclovia no cruzamento das avenidas Humberto II de Itália e da República, perto da Boca do Inferno, em Cascais.

O alerta para a presença de bebé foi dado por três jovens que praticavam skate na ciclovia e ouviram o choro.

Limpa e ainda com o cordão umbilical, a criança foi observada pela equipa da ambulância do INEM dos Bombeiros do Estoril e pela equipa da VMER do Hospital de Cascais e depois transportada à aquela unidade de saúde.

Notícias relacionadas

+ÚLTIMA HORA | PJ detém mulher que abandonou filho recém-nascido em Cascais

+MENINO recém-nascido abandonado em arbustos perto da Boca do Inferno





Sem comentários:

Publicação em destaque

LIBERAIS exigem compromisso de ministro para a conclusão da ligação da Linha de Cascais à de Cintura até 2027

A Assembleia Municipal de Cascais aprovou, esta segunda-feira, uma moção apresentada pela Iniciativa Liberal (IL) que reitera a necessidade ...

FOI NOTICIA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA