PROJETO. Liberais querem Cascais, Oeiras e Sintra ligados por metro de superfície para resolver problemas de mobilidade

AUTÁRQUICAS

PROJETO ambicioso dos Liberais é a solução para os problemas de mobilidade

Por REDAÇÃO
06 ABRIL 2021 | 15H12

A solução para acabar com os problemas de mobilidade em Cascais, Oeiras e Sintra passa por uma rede de metro de superfície que una os três concelhos, defende o Iniciativa Liberal (IL), que apresentou esta terça-feira o projeto ambicioso de intenções.


A proposta do Metro Oeste Atlântico é uma iniciativa conjunta dos Núcleos de Sintra, Oeiras e Cascais do Iniciativa Liberal.

A rede de metro de superfície ligando os três concelhos, com uma extensão total de aproximadamente 52km, 42 estações e 4 linhas.

Os três núcleos territoriais do IL realçam “o impacto positivo desta rede para a mobilidade sustentável nos 3 concelhos, permitindo ligações rápidas dentro e entre concelhos, bem como uma maior integração dos diferentes meios de transporte, incluindo a Linha de Sintra e a Linha de Cascais”. 

REDE, segundo projeto, pode ter extensão de 52 km, 42 estações e 4 linhas

“O Metro Oeste Atlântico é um sistema idêntico ao que é utilizado em mais de 50 redes de metro que existem em cidades da Europa”, explica a IL em comunicado.

Em Portugal, recorda-se, existem sistemas semelhantes, nomeadamente o Metro Sul Tejo e o Metro do Porto.

O Metro Oeste Atlântico utilizará veículos com capacidade de cerca de 250 pessoas, permitindo igualmente o transporte de bicicletas, com um tráfego estimado de aproximadamente 25.000 passageiros por dia em cada linha. Operará com velocidades médias de operação de 20-25 km/h, frequência em horas de ponta a cada 10-15 minutos, bitola padrão de 1435mm e tração elétrica através de catenária de 750V DC.

Segundo a IL, o investimento estimado com a implementação de esta rede é de €850 milhões de euros para a criação da infraestrutura incluindo parque de viaturas e será financiado por uma combinação da alocação de até 7% das receitas do IMI e IMT dos 3 concelhos, orçamento de Estado e fundos europeus. 

INVESTIMENTO é estimado pelos Liberais em 850 milhões de euros

A aquisição do material circulante (42 veículos para a totalidade da rede) e a operação do sistema ficará a cargo de operador privado via concessão. 

O Metro Oeste Atlântico faz parte dos programas autárquicos da IL Sintra, IL Oeiras e IL Cascais na área da mobilidade.

“É preciso olhar para os problemas da região, e procurar soluções para problemas, numa escala intermunicipal, sem caciquismo ideológico. O Metro Oeste Atlântico permite encarar a mobilidade de uma forma integrada não só com os concelhos vizinhos, mas também com outros meios de transporte. É esta visão de encontrar soluções abrangentes que distingue a Iniciativa Liberal “, declarou Gualdim Ramos, do Núcleo do IL Sintra.

“Temos de estar na frente do desenvolvimento sustentável, e isso faz-se com uma solução tecnológica que já existe em dezenas de outras cidades. A construção de uma verdadeira rede de metro ligeiro, com possíveis expansões futuras para a zona ocidental do Oeiras, é uma oportunidade de garantir a mobilidade sustentável durante as próximas décadas.”, garantiu, por sua vez, Bruno Mourão Martins do IL Oeiras.

Já para Miguel Barros, cabeça de lista do IL à Câmara Municipal de Cascais, “o Metro Atlântico Oeste permitirá o fácil acesso aos centros urbanos, aos polos universitários, às zonas comerciais e de lazer, aos locais de trabalho e às linhas ferroviárias de Sintra e Cascais”.

“É especialmente importante por servir zonas de elevada densidade populacional que hoje têm uma rede de transportes e uma rede viária claramente desajustadas das necessidades. Temos de mudar e trazer os nossos concelhos para o século XXI.”, concluiu Miguel Barros.

Veja aqui o vídeo do projeto



2 comentários:

Cascais disse...

Investir tanto para aumentar a taxa de criminalidade, andamos bem

Manuel Gouveia disse...

A vossa proposta:
- O Estado (autarquias, governo, UE) pagam 850 milhões de infraestrutura.
- O Estado financia os passes.
- O privado explora com um investimento mínimo e sem risco e mete o lucro ao bolso.

Ricos liberais! Ponham os capitalistas a pagar a infraestrutura!

Publicação em destaque

BOMBEIROS de Parede salvam canídeo de poço. Veja o vídeo do resgate

CANÍDEO aguarda pelo socorro (Créditos: BVParede) RESGATADO COM SUCESSO . Um canídeo foi resgatado, esta quarta-feira, de manhã, pelos Bomb...

FOI NOTICIA

BLOGS