PRISÃO preventiva para jovem que espancou e violou acompanhante de luxo que exigiu sexo com preservativo

JUSTIÇA


Por REDAÇÃO
04 maio 2022 | 17h52

Ficou em prisão preventiva um jovem, 22 anos, que este sábado, à noite, espancou e violou uma acompanhante de luxo no apartamento dela, no centro de Cascais, depois de recusar-se a fazer sexo com preservativo.

Sem antecedentes, mas considerado pela Polícia “muito violento”, o jovem foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de Instrução Criminal de Cascais, que decretou a medida de coação mais gravosa, disse a Cascais24h o coordenador de Investigação Criminal José Matos, que está a dirigir a secção que investiga crimes sexuais na Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo da Polícia Judiciária (PJ).

Este sábado, à noite, o jovem acordou com a mulher, 39 anos, estrangeira, pagar 60 euros por serviços sexuais no apartamento onde ela vive e trabalha.

A vítima exigiu-lhe o uso de preservativo, mas ele insistiu em fazer sexo sem proteção, segundo avançou esta segunda-feira o CM.

Acabou por agredir com grande violência e violar a mulher, que ainda conseguiu enviar pelo telemóvel uma mensagem a um amigo, a pedir socorro e aproveitando um momento de distração do agressor abrir a porta do apartamento e, completamente desnudada, fugir para a rua, no que ainda foi perseguida.

Já com a PSP no local, o suspeito ainda reagiu com violência aos agentes, que o neutralizaram e detiveram, conduzindo-o ao departamento policial, onde foi entregue aos inspetores da Polícia Judiciária (PJ).

Entretanto, a vítima foi assistida na urgência do Hospital de Cascais.




Sem comentários:

Publicação em destaque

BOMBEIROS travam fogo que ameaçava chegar ao concelho de Cascais

Já está praticamente dominado o incêndio rural que deflagrou, esta sexta-feira, à tarde, em Rio de Mouro (Sintra) e progrediu assustadoramen...

FOI NOTICIA

BLOGS