PRESIDENTE da Câmara assume ajustes "dinâmicos" no Aeródromo de Tires que levaram à demissão de administradora da Cascais Dinâmica

ATUAL


Por REDAÇÃO
22 novembro 2022 | 18h18

Carlos Carreiras assumiu, esta terça-feira, na reunião do executivo, ter sido ele próprio que veio a socorrer-se de pessoas das relações familiares de Maria do Céu Garcia para resolver problemas no Aeródromo Municipal de Tires.

Anunciou, ainda, que a administradora executiva da empresa municipal Cascais Dinâmica,  que gere o Aeródromo de Tires, Maria do Céu Garcia, pediu a demissão na sequência de notícias relativas a ajustes diretos e outros negócios com familiares diretos e/ou indiretos.

O chefe do executivo classificou as notícias avançadas, nomeadamente pela CNNPortugal, como uma "tentativa de assassinato de carácter" na pessoa de Maria do Céu Garcia e aproveitou para "reconhecer o trabalho que desempenhou", enquanto administradora executiva na Cascais Dinâmica. 

Questionado pela vereadora do PS Alexandra Carvalho, o presidente da Câmara de Cascais deu explicações aos vereadores sobre a alegada teia de relações familiares na gestão do Aeródromo de Tires (VEJA AQUI AS EXPLICAÇÕES DE CARLOS CARREIRAS na reunião do executivo de esta terça-feira)

Carlos Carreiras disponibilizou, ainda, a todos os vereadores, sobretudo aos da oposição (PS e Chega) todos os processos relativos aos contratos e ajustes. 


Sem comentários:

Publicação em destaque

SISMOS o que fazer...

DICAS PREVENTIVAS |  Com o mais recente evento sismológico da Turkia e na Síria a pergunta que devemos fazer é se nós os Portugueses estamos...

FOI NOTICIA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA