Hospital de Cascais em ruptura não está a receber doentes urgentes

Por Redação CASCAIS24

19.12.2016
O serviço de urgência do Hospital de Cascais atingiu esta segunda-feira a ruptura, com uma afluência fora do normal e os doentes urgentes, transportados em ambulâncias, estão a ser "desviados" para outras unidades de saúde em Lisboa.

O alerta foi dado pouco depois das duas horas da tarde pelo Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) às cinco corporações de Bombeiros do concelho de Cascais, que prevê que a situação só fique normalizada amanhã, depois do meio-dia.

Fonte do Hospital de Cascais disse a Cascais24 que esta unidade de saúde "atingiu o pico de afluência nas urgências, tendo a Administração Regional de Saúde (ARS) acionado o chamado plano de contingência".

Para além do caos no Hospital de Cascais, também os corpos de Bombeiros do concelho vêem o seu dispositivo "altamente" em risco, com a deslocação de ambulâncias para os hospitais de Lisboa, nomeadamente S. Francisco Xavier, São José e Santa Maria.

"Esta situação está a destruir todo o dispositivo de socorro", denunciou, a Cascais24, um dos comandantes de Bombeiros do concelho de Cascais.

Entretanto, a mesma fonte do Hospital de Cascais garantiu ao final da tarde a Cascais24 que "a afluência de doentes está a diminuir", o que pode fazer com que a situação volte à normalidade nas próximas horas.






Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."