SUSPEITAS. Gang que tem assaltado casas em Cascais pode estar sediado em Espanha





Por Redação 
28 janeiro 2019
O gang, alegadamente de Leste que tem assaltado casas no concelho de Cascais e, no sábado, esteve envolvido numa perseguição que culminou em ferimentos de cinco agentes da PSP, pode estar sediado em Espanha e contar na nossa região com um pequeno núcleo de apoio, que fornece informações sobre os alvos a assaltar, apurou Cascais24.

Para além de outras informações de que dispõe neste momento, a polícia portuguesa sabe que o automóvel, marca Volkswagen Passat, cinzento, perseguido este sábado pela PSP, é de matrícula espanhola, embora ostentasse oposta uma portuguesa, soube, também, Cascais24.

Este sábado, ao início da noite, como Cascais24 avançou em primeira mão, um dos membros do gang foi surpreendido a fazer vigilância no exterior, enquanto dois cúmplices atuavam no interior de uma moradia, na área de Birre, onde entraram através de uma janela, não logrando, à partida, furtar quaisquer valores.

Ao avistar a carrinha da Equipa de Intervenção Rápida da Divisão Policial de Cascais, o suspeito colocou-se em fuga no automóvel, marca Volkswagen Passat, cinzento, deixando para trás os comparsas.

Durante a fuga, na rotunda dos Cavalos, na Areia, ainda embateu contra um veículo estacionado, tendo continuado em velocidade desenfreada.

A cerca de três quilómetros, no Guincho, veículo em fuga e viatura policial acabaram por colidir, quando o suspeito que conduzia o Passat fez uma travagem brusca.

O condutor do veículo suspeito empreendeu, então, a fuga apeada em direção à praia do Guincho, e cinco dos seis agentes da PSP da Equipa de Intervenção Rápida, que seguiam na carrinha, ficaram feridos, tendo necessidade de ser assistidos na urgência do Hospital de Cascais.

Este grupo, perfeitamente organizado, tem vindo nos últimos tempos a assaltar casas luxuosas e com aparente elevado património nos seus interiores, no triângulo Quinta da Marinha, Areia e Birre, introduzindo-se nas mesmas na ausência dos moradores por arrombamento e chave falsa.

Em regra, apurou, ainda, Cascais24, o alvo dos membros do grupo nas casas habitadas por gente endinheirada são obras de arte, jóias e dinheiro.

As diligências policiais continuam para identificar e localizar os três suspeitos, assim como os restantes membros do gang que, à partida, é constituído por um número mais elevado de assaltantes que, pontual e de forma organizada, obedecendo, ao que parece, a planos previamente delineados, desloca-se a Portugal para fazer os assaltos.

As autoridades portuguesas estarão a ponderar pedir a colaboração da polícia espanhola, soube, ainda, Cascais24.



Imprimir

Sem comentários:

Publicação em destaque

CASAL encontrado morto em Abóboda

Um casal foi encontrado morto, este domingo, ao início da tarde, em Abóboda, S. Domingos de Rana, confirmou, a Cascais24Horas Pedro Araújo,...

FOI NOTICIA

BLOGS