MENOR FEZ ASSALTO PARA CHAMAR ATENÇÃO DE PAIS

Por Cascais24


07.01.2016
O menor de 12 anos que, esta segunda-feira à tarde, sob a ameaça de uma pistola falsa, assaltou uma mulher junto ao mercado da vila, Cascais, para roubar a mala, conforme Cascais24 noticiou em primeira mão, terá praticado o ato para chamar a atenção dos pais, que estão em processo de divórcio.
 
O rapaz, filho de pai português e de mãe finlandesa, a viverem no Monte Estoril, é considerado um "aluno brilhante" na escola que frequenta e até domina quatro línguas, incluindo a portuguesa, disse a Cascais24 fonte próxima da família.
 
O jovem, que terá adquirido a réplica de arma de fogo num hipermercado, mostrou-se "arrependido" do ato praticado quando, cabisbaixo, na Esquadra da PSP de Cascais, foi confrontado com o assalto que tinha protagonizado momentos antes.
 
Na segunda-feira, pouco depois das três horas da tarde, o menor abordou uma mulher, de 41 anos, junto ao mercado da vila.
 
Sob a ameaça de uma pistola falsa, logrou roubar-lhe a mala com valores, colocando-se depois em fuga.
 
Acabou, no entanto, por ser intercetado pelos agentes da PSP, próximo da rua José Florindo, aparentemente quando tinha por destino a casa da avó, que vive perto do Tribunal de Cascais.
 
Para além da mala roubada momentos antes, os policias confiscaram-lhe a réplica de arma de fogo.
 
A PSP entregou o menor aos pais e enviou a respetiva participação ao Tribunal de Menores e Família de Cascais.
 
O menor corre agora o risco de, com o ato praticado, do qual afirma "arrepender-se", cair na alçada da Segurança Social e ser retirado aos progenitores e entregue a uma instituição de reabilitação.
 
 

Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."