JUIZ de Instrução pôs atrás das grades homem que maltratava por ciúmes companheira grávida

JUSTIÇA


Por REDAÇÃO
05 outubro 2022 | 20h58

Um  homem, 46 anos, foi detido, em Carcavelos, pela PSP, por maltratar a companheira grávida e viu confirmada a prisão preventiva por um juiz de Instrução Criminal do Tribunal de Cascais.

Segundo a PSP, que divulgou o caso esta quarta-feira, o homem foi detido fora do flagrante delito pela Autoridade judiciária, por ser suspeito da prática de um crime de violência doméstica.

O suspeito e a vítima iniciaram uma relação de namoro em fevereiro último, passando a coabitar em junho.

O suspeito começou a demonstrar comportamentos agressivos, motivados por ciúme, que se agravaram quando soube que a sua companheira estaria grávida.

Apesar da vitima ter decidido interromper a gravidez, o suspeito continuou a exercer sobre ela maus tratos verbais, físicos e psicológicos, algumas das vezes na presença de dois filhos dela, menores de idade, fruto de uma anterior relação.

Recentemente, por não aguentar mais os maus tratos, a mulher decidiu sair de casa com os seus filhos.



1 comentário:

Anónimo disse...

Como foi detido fora de flagrante delito?

Publicação em destaque

SISMOS o que fazer...

DICAS PREVENTIVAS |  Com o mais recente evento sismológico da Turkia e na Síria a pergunta que devemos fazer é se nós os Portugueses estamos...

FOI NOTICIA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA