Judiciária prende suspeito de pornografia de menores de 14 anos na Internet

SEGURANÇA

SUSPEITO é um homem 50 anos e casado

Por REDAÇÃO
09 abril 2021 | 18h25

Um homem, 50 anos, casado, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) pela presumível prática de crimes de pornografia, envolvendo vítimas menores de 14 anos de idade, no âmbito de um inquérito que está a ser dirigido pelo Ministério Público de Cascais.


A investigação está a cargo da Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica UNC3T da Polícia Judiciária (PJ).

O suspeito foi identificado e detido no decurso de uma ação de combate à pornografia de menores em plataformas encriptadas na internet.

A investigação, segundo apurou Cascais24, teve origem em denúncia decorrente de cooperação internacional. 

INQUÉRITO está a ser dirigido pelo Ministério Público de Cascais

Os investigadores da Judiciária lograram confiscar ao suspeito material informático utilizado no cometimento dos crimes que irá ser submetido a exame pericial, para apurar a extensão da atividade e conexões criminosas da atividade ilícita.

Fonte da PJ disse que o detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial, para efeitos de aplicação de medida de coação, desconhecendo-se, por enquanto, qual a decisão.




 

 


Sem comentários:

Publicação em destaque

TRIPULANTE russo de navio mercante resgatado depois de queda a bordo

Um cidadão de nacionalidade russa, 55 anos, tripulante de um navio mercante de pavilhão de Antígua e Barbuda, foi resgatado esta segunda-fei...

FOI NOTICIA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA