FESTAS do Mar regressam a Cascais com cantor filho de famosos a pedir: “Arranjem-me uma residência aqui, que eu venho todos os anos”

ATUAL

AGIR que vai atuar nas Festas do Mar deixou uma pedido: “Arranjem-me uma residência aqui, que eu venho todos os anos”


16 agosto 2022 | 21h50
“Arranjem-me uma residência aqui, que eu venho todos os anos”, foi o pedido deixado pelo cantor Agir, filho de dois famosos da nossa praça, durante a apresentação oficial das Festas do Mar que estão de volta a Cascais - este ano com um novo formato, com oito dias e oito noites intervalados a prometerem muito divertimento e animação.

Agir, de seu nome Bernardo Costa, 34 anos, é filho do icónico cantor e compositor Paulo de Carvalho que, com a canção E Depois do Adeus deu a primeira senha para o Movimento dos Capitães de Abril, no dia 24 de abril de 1974, e da reconhecida atriz Helena Isabel que, em Televisão, em 1982 entrou no elenco da primeira telenovela portuguesa, "Vila Faia", exibida pela RTP e no ano seguinte foi protagonista da telenovela "Origens" onde interpretou a personagem Sara Teles.

Com um elevado número de fãs conquistado nos últimos anos, sobretudo depois do seu primeiro sucesso entre os adolescentes “Wella”, Agir é um dos cabeça de cartaz com Agir & Friends das Festas do Mar, que têm lugar entre os próximos dias 25 e 28 de agosto e 1 e 4 de setembro. 

Nas declarações feitas ao canal oficial da Câmara Municipal de Cascais, nas quais afirmou que “Cascais lhe traz muito boas recordações”, Agir não explicou, no entanto, se quer uma casa de borla ou a pagar.

Este ano, as Festas do Mar irão contar com dois palcos.

O principal será na Baia, com concertos a partir das 20h00 e o segundo o Cartaz Palco Cascais, nas imediações da Cidadela, com concertos às 18h00.

Outra inovação é a ideia de dar oportunidade à atuação de artistas do concelho.

Bernardo Correa de Barros, presidente do Turismo Cascais, explicou na apresentação que “nos últimos 11 anos, 130 elementos que subiram ao palco eram de Cascais, 68% das bandas eram de Cascais”, evocando, nomeadamente os nomes de Carolina Deslandes, The Black Mamba ou HMB, bandas que “deram o salto” de Cascais para o País e para o mundo. 

PRESIDENTE do turismo e vice-presidente do executivo na apresentação das Festas do Mar


O mesmo responsável explicou que a escolha do cartaz “é sempre muito especial: as bandas que aqui estão têm de ter um álbum editado, para que depois a RFM possa agarrar e promover esses artistas a nível nacional”. O objetivo é simples: “dar oportunidade aos que são da terra”.

 

Já o vice-presidente do município, Miguel Pinto Luz, que fez a apresentação do cartaz na esplanada do hotel Baia, sublinhou que “as Festas do Mar são um marco”, e que “este festival é uma referência numa terra de reis e pescadores, onde mais de 20 por cento são pessoas de outras nacionalidades”.

 

Aproveitou para destacar que “as Festas do Mar são um símbolo desta congregação de culturas, são o símbolo da lusofonia”.

 

A par da gastronomia e do artesanato, o ponto alto das Festas do Mar continua a ser a procissão em honra de Nossa Senhora dos Navegantes, organizada pelas duas associações de pescadores de Cascais.

 

Olhó cartaz


Cartaz Palco Principal, na Baía de Cascais (concertos a partir das 20h00)

Agosto
25 | Diana Castro | VITOR KLEY
26 | Tiago Nacarato | THE BLACK MAMBA
27 | Beatriz Rosário | OS QUATRO E MEIA
28 | Carolina de Deus | RESISTÊNCIA
Procissão em Honra de Nossa Senhora dos Navegantes (às 15h00)

Setembro
1 | Duque Província | D.A.M.A
2 | Filipa Vieira | CUCA ROSETA
3 | Luís Sequeira | AGIR & FRIENDS
4 | Luiz Caracol | SINFÓNICA DE CASCAIS toca TOP RFM

 

Cartaz Palco Cascais, imediações da Cidadela (concertos às 18h00)

Agosto
25 | Pipa Maldonado
26 | Mariana Mateus
27 | Ivo Palitos
28 | Matheus Paraizo

Setembro
1 | Carolina Leite
2 | Also
3 | Mia Lucas
4 | Luís Braz Teixeira



 

 


Sem comentários:

Publicação em destaque

REGIÃO interior de Cascais foi a mais fustigada pelo mau tempo

O interior do concelho de Cascais foi o mais fustigado pelo mau tempo, sobretudo pela forte precipitação que assolou a região entre o final ...

FOI NOTICIA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA