Estação Salva-vidas de Cascais resgata com sucesso barco de recreio à deriva

SEGURANÇA 

Semirrígido da Estação Salva-vidas resgata embarcação de recreio à deriva (Fotos DR/Cascais24)

Por REDAÇÃO
24 setembro 2020

Uma embarcação de recreio, à deriva, frente à praia da Conceição, foi resgatada com sucesso pela tripulação da Estação Salva-Vidas de Cascais, acionada pelo Comando Local da Polícia Marítima.

Aconteceu esta terça-feira.

A embarcação, sem tripulantes a bordo, estava fundeada na baía e libertou-se, navegando à deriva, levada pela corrente até à praia da Conceição.

O alerta foi dado depois das cinco horas da tarde para o piquete da Polícia Marítima, que acionou a embarcação semirrígida “SR32” da Estação Salva-Vidas de Cascais.

A tripulação da embarcação da Estação Salva-Vidas acabou por avistar o barco de recreio frente à praia da Conceição. 

O barco acabou por ser rebocado, em segurança, para a Marina de Cascais.

O dono foi contatado pela Polícia Marítima e compareceu posteriormente junto da embarcação, na Marina.

No mesmo dia, três outras embarcações de recreio, fundeadas na baía, foram detetadas pela Autoridade Marítima Nacional em condições de amarração, que ofereciam risco, revelou, a Cascais24, o comandante Paulo Gomes Agostinho, Capitão do Porto e Comandante do Comando Local da Polícia Marítima de Cascais. 

A negligência de donos de embarcações de recreio fundeadas na área da baía de Cascais tem sido cada vez mais frequente.

Em pleno verão de 2011, por exemplo, em Cascais uma embarcação de recreio, completamente desgovernada, sem tripulantes a bordo, andou aos círculos a uma velocidade considerável e, só por um mero milagre, não entrou pela praia da Duquesa, então lotada de banhistas.

Valeu, mais uma vez, a pronta intervenção da Autoridade Marítima Nacional.

Veja aqui o vídeo



Sem comentários:

DESTAQUE. 29 cães em risco resgatados em Carcavelos

+ populares

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

MULTIMÉDIA.SAÚDE