OPINIÃO

VOZ DO BRASIL

DIAP de Sintra manda PJ fazer buscas à Câmara de Cascais 5 anos depois de denúncias de vereadores da oposição

INVESTIGAÇÃO

ASSINATURA a 8 de junho de 2017 nos Paços do Concelho entre Carlos Carreiras e João Matos Pereira do protocolo que oficializou a cedência do terreno para construção da clínica


29 junho 2022 | 17h45
Inspetores da Unidade Contra a Corrupção da PJ fizeram buscas, esta quarta-feira, de manhã, nos Paços do Concelho de Cascais e nas instalações da Assembleia Municipal para recolher documentos relacionados com a cedência, há cinco anos, por parte da Câmara Municipal à empresa Quimera Inadiável, SA, de um terreno com 5.303,50m2 destinado à construção de uma unidade de cuidados continuados, em Matarraque, S. Domingos de Rana. Segundo Cascais24Horas apurou, trata-se de um inquérito tutelado pelo DIAP de Sintra e com investigação delegada na Judiciária.

A Câmara Municipal de Cascais não respondeu a um email enviado entretanto por Cascais24Horas, depois de uma primeira notícia avançada pela revista Visão, mas confirmou à agência Lusa as buscas da PJ, assegurando que “cooperou em diligências de órgão de polícia criminal efetuadas esta manhã em instalações municipais e como vem sendo habitual ao longo dos anos manifestou toda a disponibilidade para colaborar em vista do cabal esclarecimento da matéria em investigação”. 

SUSPEITAS foram levantadas pelos então vereadores Clemente Alves (CDU) e João Cordeiro e Teresa Gago (PS) 
__________________________________________________

Agora aparentemente acelerada, a investigação surgiu na sequência de denúncia feita há cinco anos pelos então vereadores na oposição no executivo, Clemente Alves, da CDU, João Cordeiro e Teresa Gago, do PS, que votaram contra a proposta, com a abstenção da também então vereadora Isabel Magalhães, do SerCascais, levada a reunião camarária 13 de março de 2017.

A Quimera Inadiável, SA, com sede em Lisboa e um capital social de 50 mil euros, conta, entre muitas outras atividades com a compra e venda de imóveis e prestação de serviços de saúde e de cuidados paliativos e suspeita-se que terá sido criada pouco tempo antes de ver o executivo aprovar a cedência de superfície do terreno, por um período de 50 anos, renovável por períodos sucessivos de dez.

Consta que uma vez na posse do terreno, este veio a ser dado em garantia a um empréstimo bancário, através do qual foi construído todo o equipamento- um investimento de cerca de 5 milhões de euros, que representará um aumento de 75 camas (37 para cuidados continuados e 38 para residência). 

CARLOS Carreiras congratulou-se em junho de 2017 com a construção da Unidade de Cuidados Continuados
_________________________________

Entretanto, a 8 de junho de 2017, o presidente da Câmara, Carlos Carreiras, e João Matos Pereira, diretor executivo da empresa investidora, Quimera da Saúde, apresentaram o projeto nos Paços do Concelho, com o chefe do executivo não só a aproveitar para anunciar o aumento do número de Centros de Saúde no Concelho como e, sobretudo, a Unidade de Cuidados Continuados mais Residência Sénior, que previa abrisse em 2019 em S. Domingos de Rana e criasse mais 50 postos de trabalho.

A verdade é que os trabalhos de construção só arrancaram em novembro de 2020 e a 19 de abril do ano passado Carlos Carreiras ainda visitava as obras de construção, afirmando prever que ficasse concluída no início de este ano, o que aconteceu.

CONSTRUÇÃO ficou concluída no início do ano
_______________________________________

Recorda-se que não é a primeira vez que a Câmara Municipal de Cascais é alvo de buscas por parte da PJ. A última foi há quatro anos, por suspeitas de irregularidades no Plano Diretor Municipal (PDM). Carlos Carreiras reconheceu, então, que “desde que é Presidente da Câmara recebeu dezenas de visitas dos agentes da Polícia Judiciária na sequência de denúncias, que classifica “inconsequentes”.

Notícia relacionada

+JUDICIÁRIA faz buscas na Câmara de Cascais





1 comentário:

Unknown disse...

Acabaram as obras mas não se vê nada a funcionar ….. Faltará o “ show of” da inauguração???

Publicação em destaque

JUIZ de Instrução pôs atrás das grades homem que maltratava por ciúmes companheira grávida

Um homem, 46 anos, foi detido, em Carcavelos, pela PSP, por maltratar a companheira grávida e viu confirmada a prisão preventiva por um jui...

FOI NOTICIA

BLOGS