JORNAL "A CAPITAL". Edite Esteves recorda em livro "A Voz de Uma Geração"

Cultura




A jornalista e escritora Edite Esteves lança no próximo dia 21 fevereiro, em Lisboa, a sua mais recente obra: “A Capital- Memórias de um Tempo”, um livro que pretende marcar a História do tempo em que o jornal "A Capital" (re) nasceu, a 21 de fevereiro de 1968.

Editada pela Âncora, esta obra surge “por ocasião dos 50 anos do vespertino e de uma geração de coragem, que acabaria por ajudar a concretizar o 25 de abril de 1974", diz Edite Esteves.

A obra “A Capital- Memórias de um Tempo” será apresentada por Luís Almeida Martins, Appio Sottomayor e José Jorge Letria pelas 18h30 no Auditório Maestro Frederico de Freitas, da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), na avenida Duque de Loulé, 31, em Lisboa, e promete reunir antigos trabalhadores do extinto vespertino.

Já como matutino restrito à região metropolitana de Lisboa, “A Capital” encerrou a 29 de fevereiro de 2005, por decisão do grupo espanhol Prensa Ibérica. Em causa, a significativa quebra nas vendas, com 3.614 exemplares por dia.

Na altura, alguns trabalhadores, entre os quais Edite Esteves, criaram uma cooperativa jornalística na derradeira tentativa de salvar a “A Capital”, mas tudo em vão.

Autêntica escola de jornalistas, o jornal “A Capital” foi fundado em 1910 por Manuel Guimarães, mas a segunda série surgiu a 21 de fevereiro de 1968.

Edite Esteves foi, durante 33 anos, jornalista em “A Capital”, tendo exercido funções de chefe de redação-adjunta, redatora-principal, grande repórter, editora, colunista e cronista. 

Autora de grandes trabalhos jornalísticos enquanto ao serviço de “A Capital”, Edite Esteves é formada em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras de Lisboa e foi formadora no Cenjor – Centro Protocolar de Formação Profissional para Jornalistas. 

É autora do livro Irene – É Possível Renascer, lançado em novembro de 2008 e, em parceria com Almerinda Romeira,  de “Elza, Minha Luz”, obra lançada em outubro do ano passado.

Edites Esteves, que é natural de Faro, também colaborou na antologia de poesia e prosa “Nas Margens da Solidão2, em prol da SOS Voz Amiga. 

Atualmente, é editora e jornalista da revista Autores, editada pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA).

Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."