Bombeiros de Alcabideche com 3 acidentes com 6 feridos e 7 socorros pré-hospitalares em duas horas e meia

Segurança

Por Redação
06 maio 2020
Os Bombeiros de Alcabideche não tiveram mãos a medir, esta quarta-feira, ao terem que, em menos de duas horas e meia, acudir a três acidentes, dos quais resultaram seis feridos, entre os quais duas crianças, e a 7 socorros pré-hospitalares, confirmou, a Cascais24, Miguel Jerónimo, Adjunto do Comando.

O dia nada fácil para os "Soldados da Paz" de Alcabideche começou pelas 10h39, com um alerta para uma colisão entre um ligeiro e um quadriciclo, no início da rua Cesaltina Fialho Gouveia, no centro da vila e do qual resultou um ferido, na casa dos 50 anos, que foi transportado à urgência do Hospital de Cascais.

Miguel Jerónimo, Adjunto de Comando (Arquivo)
Pelas 11h14, o Corpo de Bombeiros registou um novo alerta para uma colisão, desta feita na rua de São Bernardo, em Alvide. Um veículo abrandou a marcha junto a uma lomba e acabou por ser embatido, pela retaguarda, por um outro ligeiro. Resultado: 4 feridos, sendo duas crianças e dois adultos, todos eles com dores na cervical e que acabaram por ser transportados ao Hospital de Cascais.

Já pelas 12h55, o mesmo Corpo de Bombeiros voltou a ser acionado para um despiste, desta feita de um motociclo na rotunda das Palmeiras, em Alcabideche. Ferido, o motociclista foi transportado à urgência da mesma unidade hospitalar.

"Felizmente, todos os feridos nestes três acidentes foram considerados leves", disse, a Cascais24, Miguel Jerónimo, segundo o qual "em todo este curto período temporal de acidentes, ainda fomos acionados para 7 casos de situação pré-hospitalar".

Entretanto, a meio da tarde, pelas 16h06, os Bombeiros de Alcabideche foram acionados para acudir a um foco de incêndio, que deflagrara no motor de um veículo, marca Ford Focus, estacionado na rua da Escola, em Alvide."A dianteira do veículo ficou parcialmente destruída", precisou o Adjunto de Comando dos Bombeiros de Alcabideche.
Imprimir






Sem comentários:

+ populares

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

MULTIMÉDIA.SAÚDE