Segurança de empresa LB de Cascais abatido a tiro à porta de discoteca

Segurança

Nuno Cardoso o segurança de 42 anos abatido a tiro (Foto Direitos Reservados)

Em atualização
Um segurança, Nuno Cardoso, 42 anos, que trabalhava desde junho para a empresa de segurança privada LB, com sede no concelho de cascais, foi abatido com um tiro na cabeça, à queima-roupa, esta sexta-feira, ao início da tarde, à porta da discoteca Barrio Latino, na rua da Cintura do Porto de Lisboa, confirmou, a Cascais24, Luís Branco, CEO da empresa LB.

O incidente registou-se pouco antes da uma hora da tarde e o segurança ainda foi transportado à urgência do Hospital de São José, onde chegou cadáver.

O autor do crime está em fuga.

Em declarações a Cascais24, Luís Branco, diretor executivo da empresa LB, com sede em Alcabideche, "lamentou profundamente a morte" de Nuno Cardoso, "em circunstâncias tão trágicas" e manifestou-se "confiante na rápida ação da Polícia Judiciária na captura do principal suspeito".
numa festa que se prolongou até perto da hora de almoço. Terá sido nessa altura que um grupo entrou dentro da discoteca com o intuito de causar distúrbios. Os seguranças do local imediatamente expulsaram os elementos destabilizadores do espaço noturno, que regressaram momentos mais tarde ao local. Um dos indivíduos foi ao automóvel buscar uma arma de fogo e começou a disparar sobre os seguranças do local, acabando por atingir um destes na cabeça. A vítima foi transportada em estado grave por amigos para o Hospital de São José, em Lisboa, onde acabou por morrer. O grupo suspeito da morte do segurança pôs-se em fuga e está a ser procurado pelas autoridades.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/alerta-cm-tiroteio-em-discoteca-mata-seguranca-em-lisboa?ref=HP_Destaque
numa festa que se prolongou até perto da hora de almoço. Terá sido nessa altura que um grupo entrou dentro da discoteca com o intuito de causar distúrbios. Os seguranças do local imediatamente expulsaram os elementos destabilizadores do espaço noturno, que regressaram momentos mais tarde ao local. Um dos indivíduos foi ao automóvel buscar uma arma de fogo e começou a disparar sobre os seguranças do local, acabando por atingir um destes na cabeça. A vítima foi transportada em estado grave por amigos para o Hospital de São José, em Lisboa, onde acabou por morrer. O grupo suspeito da morte do segurança pôs-se em fuga e está a ser procurado pelas autoridades.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/alerta-cm-tiroteio-em-discoteca-mata-seguranca-em-lisboa?ref=HP_Destaque

Sem comentários:

FOI NOTICIA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA