Levantada interdição a banhos nas praias da Duquesa e Azarujinha

Segurança

    30 setembro 2019

Os banhos estiveram interditos nas praias da Duquesa, em Cascais, e da Azarujinha, em São João do Estoril, desde sexta-feira, alegadamente por os níveis de precipitação terem provocado “escorrências não controláveis das ribeiras urbanas, ao longo da costa de Cascais”, mas a interdição foi levantada esta segunda-feira depois de conhecidos os resultados da contra análise às águas, apurou Cascais24. 

 

A descoberta foi feita no decurso das análises semanais que são efetuadas, por rotina, a todas as praias do concelho, sendo que as efetuadas na última terça-feira, dia 24 de setembro e cujos resultados só foram conhecidos esta sexta-feira, revelaram valores microbiológicos acima dos parâmetros de referência, nas praias da Duquesa e Azarujinha. 

 

Por precaução, o delegado de Saúde Regional de Lisboa e Vale do Tejo Mário Durval decidiu acautelar a saúde pública e interditar as praias a banhos. 

 

Nos locais foram, entretanto, afixados avisos, içadas as respetivas bandeiras vermelhas e a segurança dos banhistas assegurada pelos respetivos nadadores salvadores. 

 

Na última sexta-feira foram realizadas novas análises, cujos resultados só foram conhecidos esta segunda-feira e apontam para os padrões normais. 

 

A situação foi monitorizada de perto pela Câmara Municipal de Cascais, em parceria com a Capitania do Porto de Cascais, a Delegação Local de Saúde e as empresas Águas de Cascais e Águas do Tejo Atlântico. 

 

Recorda-se que, em Cascais, a época balnear iniciada a 1 de maio só termina no próximo dia 15 de outubro. É a mais longa do País.


Imprimir





1 comentário:

Anónimo disse...

So interditaram agora !
No verao findo, no paredao frente ao Palacio de Palmela, e com a praia chega de crianças corria a ceu aberto um caneiro para o mar ... como sera possivel esta situacao ?

+ populares

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

MULTIMÉDIA.SAÚDE