Misterioso incêndio na antiga "Luta" e "Casa China" em Alcoitão debelado pelos Bombeiros de Alcabideche

Segurança

Por Redação
31 março 2020
Um misterioso foco de incêndio que, esta terça-feira, à noite, deflagrou nas antigas instalações da cooperativa "A Luta" e, mais recentemente "Casa China", em Alcoitão, foi rapidamente debelado pelos Bombeiros de Alcabideche.

O alerta para o fogo foi dado pouco antes das nove horas da noite.

Terão ardido alguns materiais, ainda dispersos pelas instalações, cuja cobertura começou a ser retirada há algum tempo, por ser constituída por chapas de amianto.

Nas operações estiveram mobilizados operacionais dos Bombeiros de Alcabideche.

Desde a saída da "Casa China", há alguns meses, que as instalações estão devolutas.

O espaço é propriedade da Jerónimo Martins, proprietária do "Pingo Doce", principal credor da massa falida da antiga cooperativa "A Luta" que até há alguns anos atrás funcionou como um dos principais abastecedor do pequeno e médio comércio a retalho no concelho de Cascais.

Neste momento, "não existe qualquer projeto para o espaço", assegurou, a Cascais24, fonte próxima do município de Cascais.
Imprimir







2 comentários:

cabé disse...

Há projeto sim, confirmado pela Jerónimo Martins, era para abrir este verão um recheio Cash and carry mas por motivos da pandemia do covid 19 de certeza que ficará para mais tarde a abertura.

João Casanova Ferreira disse...

O terceiro incêndio, no espaço de décadas. O da Luta foi o mais clamoroso! O dos chineses foi o mais previsível, com o antigo Vassoureiro ali tão perto. Os chineses adaptam-se bem ao liberalismo económico, já concorrem entre si e declaram falências e tudo como no capitalismo.

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."