COVID19. Mais um funcionário de apoio infetado no departamento de Polícia Municipal e Fiscalização

COVID19

Por Redação
06 abril 2020
Com mais um caso de Covid19, aparentemente confirmado há dias, eleva-se a dois o número de funcionários infetados, que prestam serviço no Gabinete de Apoio ao Departamento de Polícia Municipal e Fiscalização de Cascais, apurou Cascais24.

A infeção neste funcionário terá sido detetada na semana passada, depois de um outro, conforme Cascais24 avançou então em primeira mão, ter também acusado positivo a 27 de março, embora entretanto estivesse em isolamento desde o dia 20.

No Departamento de Polícia Municipal e Fiscalização trabalham cerca de duas centenas de pessoas, a maioria das quais encontra-se em tele-trabalho.

No entanto, conforme uma fonte denunciou a Cascais24, “os funcionários infetados ou, pelo menos, com testes positivos, estiveram em contato com muito pessoal do Departamento muito antes de ser detetada a infeção”.

“É preocupante”, lamentou a mesma fonte, segundo a qual, por precaução, as instalações, na Pampilheira, tenham sido só este sábado alvo de uma operação de desinfeção”.

“O mais incrível é que, e o presidente da Câmara deve desconhecer a realidade, por não estar a ser informado convenientemente, que há falta de informação em tempo útil sobre os casos detetados e as medidas de prevenção tomadas neste departamento”, concluiu a mesma fonte, que pediu o anonimato.

"Os colegas em causa, que esperamos recuperem rapidamente, estiveram em contato com dezenas de outros dos vários departamentos e nada foi feito em tempo útil", concluiu a mesma fonte, não sem denunciar que os "casos positivos só foram conhecidos através de conversa de colegas".

Já aquando do primeiro caso detetado, denunciado a Cascais24 através de telefonemas anónimos, alguns alegados funcionários manifestavam a sua “indignação” pela tardia tomada de medidas.

Imprimir

Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."