MULTIMÉDIA

Gang feminino que assaltava e agredia idosos integrava duas mulheres de Cascais

Segurança

Por Redação
14 novembro 2018

Duas de cinco mulheres que integravam um grupo agora desmantelado pela GNR de Vila Franca de Xira, por furtos e roubos a idosos, vivem no concelho de Cascais, confirmou, a Cascais24, fonte do Comando Territorial de Lisboa.

Uma das mulheres vive em Cascais e outra em São Domingos de Rana, onde foram alvo de buscas domiciliárias, à semelhança das outras três, com domicílios conhecidos na Amadora, Mem Martins e Sintra.

As cinco mulheres, com idades entre os 30 e os 50 anos, são suspeitas de furtos e roubos de que foram vítimas dezenas de idosos na Área Metropolitana de Lisboa.

A investigação, a cargo do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento da GNR de Vila Franca de Xira, decorria desde há dois meses e culminou esta terça-feira com a detenção das mulheres e as respetivas buscas domiciliárias.

No decurso da investigação, os militares apuraram que as suspeitas abordavam idosos nas suas habitações, batendo à porta e pedindo um “copo de água”. Quando as vítimas acediam, as mulheres entravam nas residências e furtavam os bens discretamente ou ameaçavam os idosos, agredindo-os e retirando-lhes os artigos em ouro.

Nas buscas domiciliárias, em que participaram 100 operacionais da GNR e da PSP, foram confiscadas peças em ouro e prata e relojoaria no valor aproximado de 7 mil euros, uma espingarda caçadeira, haxixe, uma balança de precisão, quatro telemóveis e 1200 euros em dinheiro.

As cinco detidas, a maioria das quais com antecedentes criminais relacionados com o mesmo tipo de crime e uma delas chegado a cumprir mesmo pena de prisão efetiva, serão submetidas a primeiro interrogatório judicial esta quinta-feira no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Loures.

Imprimir.




Sem comentários:

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

Abrigos precisam-se!

Quem põe na ordem donos de caninos?

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo
Artigo de OPINIÃO Drª Francisca Delerue

Expulsemos as traquitanas