Bombeiros chamados a acudir a danos em cabos elétricos em condomínio esperam 2 horas pelo piquete da EDP

Segurança

Por Redação
Uma sobrecarga no dijuntor do quadro elétrico de um condomínio fechado, que provocou danos nos respetivos cabos, este sábado, de madrugada, em Amoreira, obrigou os moradores a pedir a intervenção dos Bombeiros, que acabaram por ter que esperar cerca de duas horas pela chegada do piquete da EDP.

O intenso cheiro a queimado sentido no condomínio, pouco depois da meia-noite, levou os moradores a acionarem os Bombeiros de Alcabideche, que acabaram por detetar que a origem estava na sobrecarga do dijuntor da escada que, entretanto, tinha queimado os cabos.

Com os residentes mais tranquilos, foram os Bombeiros que acabaram por manter-se no local durante mais de duas horas, à espera da chegada do piquete da EDP que, finalmente, fez as respetivas reparações.

Não é a primeira vez, no concelho de Cascais, que casos do género acontecem, a par de outros na via pública, em que a guarnição dos corpos de Bombeiros, por vezes necessários noutros locais, permanecem longas horas a garantir a segurança até à chegada do piquete da EDP que, em regra, desloca-se tardiamente.


1 comentário:

Anónimo disse...

É o preço do outsourcing ....quem privatizou esta empresa não quer saber dos clientes para nada , e pelos vistos nem o actual regulador ( ERSE ) na aplicação do regulamento de qualidade e serviço ....

+ populares

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

MULTIMÉDIA.SAÚDE