Força “musculada” dos Bombeiros com apoio aéreo trava fogo em Adroana

SEGURANÇA

Héli de Mafra faz descargas em Adroana (Foto Márcio Parreiras Sena/Cascais24)
Por Valdemar Pinheiro
28 junho 2020
Um violento incêndio, que deflagrou este domingo, pouco depois das duas horas da tarde, em área de mato, em Adroana, Alcabideche, só foi travado devido à intervenção “musculada” dos Bombeiros, que contaram com o apoio de um meio aéreo, vindo de Mafra, que efetuou algumas descargas de água.

Segundo apurou Cascais24, o incêndio destruiu cerca de 1,5 hectare de mato e a fonte de ignição é suspeita, motivo pelo qual a investigação deverá cair na alçada da secção que investiga os crimes de fogo posto da Polícia Judiciária (PJ) de Lisboa e Vale do Tejo.

Apurou, ainda, Cascais24, que uma habitação, com anexos, situada na área do incêndio e rodeada de vegetação, teve que ser protegida por um dispositivo montado pelos Bombeiros, com três linhas de água, que impediram que as chamas chegassem próximo.
Miguel Jerónimo, Adjunto de Comando dos Bombeiros de Alcabideche, que comandou as operações
“Felizmente e, apesar do vento forte, sentido na região e que criou algumas dificuldades nas operações de combate, foi possível travar o avanço do fogo, que foi circunscrito e resolvido algum tempo depois, sem causar estragos materiais ou provocar acidentes pessoais”, disse, a Cascais24, Miguel Jerónimo, Adjunto de Comando dos Bombeiros de Alcabideche, que comandou as operações.

Já sobre a possível origem do incêndio, que chegou a provocar receio entre os habitantes de Adroana, Miguel Jerónimo escusou-se a declarações, alegando, no entanto, que “causas de incêndios cabe às autoridades policiais averiguarem”.

Nas operações estiveram mobilizados 66 operacionais, dos corpos de Bombeiros do concelho de Cascais, 18 meios terrestres e um meio aéreo, para além da GNR.

Este incêndio, que só não tomou maiores proporções devido à pronta intervenção dos Bombeiros, surgiu, por coincidência ou não, menos de 24 horas depois de um exercício de combate a fogos rurais, que decorreu este sábado entre a Peninha e a Pedra Amarela e que, em cenário de simulacro, testou as capacidades de intervenção dos Corpos de Bombeiros do concelho de Cascais.

MULTIMÉDIA
A intervenção do meio aéreo vindo de Mafra












Sem comentários:

+ populares

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

MULTIMÉDIA.SAÚDE