Rotura em adutor que custou milhões prejudica milhares na estrada e em casa

Atual

Por Redação
09 março 2019
Uma alegada rotura na Estrada de Manique, junto ao Complexo Multisserviços da Câmara Municipal de Cascais, em Alcoitão, provocou este sábado o caos rodoviário, que afetou milhares de automobilistas e, mais grave, outros tantos milhares de consumidores que ficaram privados do abastecimento de água nas suas casas.

Estes trabalhos, que a Águas de Cascais atribui a uma rotura, levaram ao corte do tráfego, entre Alcoitão e a fábrica da Knitex, em Manique e obrigaram milhares de automobilistas a circular pela sinuosa e perigosa estrada de Adroana, onde condutores e peões têm quase que fintar-se para impedir acidentes graves.

Para além do caos na circulação rodoviária, esta alegada rotura surge depois de a mesma estrada de Manique ter registado, também nos últimos dias e durante quase cerca de semana e meia outros constrangimentos, devido a trabalhos relacionados com obras, aparente e presumivelmente defeituosas feitas há cerca de três anos no âmbito da construção do chamado 3º. adutor, na qual esteve envolvida uma empresa denominada Somague, sediada no Linhó, então contratada por milhões pela Águas de Cascais para executar os trabalhos.

A verdade é que este sábado, o caos regressou à estrada de Manique, com a agravante de milhares de moradores ficarem privados de água. Sem aviso!

Este sábado, à noite, Cascais24 procurou contatar a empresa Águas de Cascais, mas sem sucesso. 

A única explicação veio via gravação, quando Cascais24 discou o número 210008009. 

Depois de dar as boas vindas, uma voz pediu a seleção da freguesia e, uma vez marcado o número, surgiu outra voz, gravada, informando que "uma rotura junto à Câmara Municipal de Cascais, em Alcoitão, obrigou ao corte do abastecimento, que deve ficar normalizado pelas 23h00". 

A voz gravada agradece e apela, finalmente, à "compreensão" do cliente, que no início da gravação é tratado como "estimado".
Imprimir










Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."