Fogo na "Culto da Imagem" no DNA de Alcabideche não pára produção de viseiras contra covid19 para o SNS

Segurança


Por Redação
06 abril 2020
Um incêndio que deflagrou, esta segunda-feira, pouco depois da uma hora da tarde, na empresa "Culto da Imagem", no centro empresarial DNA, em Alcabideche, foi rapidamente extinto pelos Bombeiros. A empresa está a produzir viseiras para o Serviço Nacional de Saúde (SNS) na luta para combater o Covid19.

A pronta intervenção de 17 operacionais dos Bombeiros de Alcabideche, apoiados por 6 veículos, impediu que o fogo assumisse maiores proporções, embora muita matéria prima tenha ficado destruída.

José Palha Gomes que dirigiu as operações
Depois de extinto o fogo, os Bombeiros procederam à ventilação das instalações, devido às densas camadas de fumo acumulado, disse, a Cascais24, José Palha Gomes, comandante dos Bombeiros de Alcabideche, que coordenou as operações.

Cerca de duas dezenas de trabalhadores foram evacuados das instalações, não havendo registo de acidentes pessoais.

A empresa, que está a trabalhar, ininterruptamente 24 horas por dia, está em condições de continuar a produção de material para fornecer o Serviço Nacional de Saúde, assegurou outra fonte.

Ao local, apurou Cascais24, deslocou-se o vereador municipal Nuno Piteira Lopes, que acompanhou as operações.
Imprimir




Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."