OPINIÃO

VOZ DO BRASIL

Homem que tentou incendiar casa da ex-companheira em preventiva

SEGURANÇA

Por Redação
22 julho 2020

Um homem viu confirmada a prisão preventiva, por violência doméstica e depois de ter tentado incendiar a casa da ex-companheira.

Segundo o Núcleo de Cascais do DIAP, o arguido foi detido fora de flagrante delito, por estar indiciado pela prática de um crime de violência doméstica e outro de incêndio.

Ainda de acordo com o DIAP de Cascais, “o arguido, ex-companheiro da vítima, não aceitou o fim do relacionamento em maio de 2020 e, desde então, começou a vigiar todas as suas rotinas, a telefonar-lhe várias vezes por dia, a enviar emails com ameaças e a seguir todos os seus passos”.

No dia 28 de junho último, o arguido dirigiu-se, mais uma vez à residência da vítima e arremessou um objeto em chamas para o interior da varanda.

O fogo só não se propagou à residência graças à intervenção dos Bombeiros Voluntários.

Apesar de o inquérito não estar sob segredo de Justiça, o DIAP não revela a idade do arguido, nem a localidade do concelho de Cascais onde os incidentes foram registados.

O homem, entretanto, recolheu ao Estabelecimento Prisional de Caxias.


Sem comentários:

Publicação em destaque

AGENTES da PSP de Cascais salvam empresário inglês em paragem cardiorrespiratória

EXCLUSIVO |  Agentes da 50ª Esquadra da PSP (Cascais) salvaram um empresário inglês, que esta quinta-feira, de madrugada, tinha entrado em ...

FOI NOTICIA

BLOGS