MULTIMÉDIA

Boeing 767 assusta Cascais pela baixa altitude

Segurança

Por Redação (Atualizada)
14 maio 2019
Um boeing 767, da companhia EuroAtlantic que, inicialmente, se julgava estar a fazer um voo de teste para pilotos, causou esta segunda-feira, ao final da tarde, algum alarme em Cascais ao sobrevoar os céus da região a muito baixa altitude, apurou Cascais24.

O avião comercial foi visto por milhares nos céus de Cascais a voar a muito baixa altitude, o que levou a dezenas de telefonemas de moradores para as autoridades, que também não terão conseguido explicar a presença da gigante aeronave.

Já esta terça-feira, contrariando informações inicialmente avançadas, a EuroAtlantic Airways revelou que "foi tudo autorizado pelas autoridades aéreas".

Uma fonte tinha afirmado, a Cascais24, que no próprio Aeródromo Municipal de Cascais, em Tires, onde um vídeo mostra uma simulada tentativa frustrada de aterragem também ninguém teria conhecimento  da aproximação do Boeing à pista que, aliás não tem capacidade para receber este género de aeronave. (Ver Vídeo) 


Afinal, não foi um voo de teste de pilotos, mas antes, segundo a EuroAtlantic, um chamado "voo ferry", que consiste no transporte de uma aeronave nova ou usada até à base aérea da companhia que a adquiriu. O Boeing 767, com capacidade para 300 passageiros, voou desde Nápoles, em Itália, até Lisboa, com uma passagem por Cascais. E, ainda segundo a companhia, o que aconteceu foi uma passagem baixa, designada na gíria da aviação por uma "low pass".

A verdade é que, quem, sobretudo, não ganhou para o susto, devido à muito baixa altitude do aparelho comercial foram milhares de moradores, sobretudo nas regiões a norte de Cascais.

Boeing 767 eleva-se depois de uma simulada aproximação à pista de Tires

Já há quatro anos, um aparelho da Euro Atlantic Airways causou alarme entre as populações na Margem Sul do Tejo, quando efetuava a muito baixa altitude um voo de treino de pilotos.

Imprimir

2 comentários:

Anónimo disse...

Acertaram no modelo de avião e na companhia agora o resto da notícia é tudo ao lado...

João Casanova Ferreira disse...

Será uma aquisição do sr. Berardo?

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

Abrigos precisam-se!

Quem põe na ordem donos de caninos?

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo
Artigo de OPINIÃO Drª Francisca Delerue

Expulsemos as traquitanas