Agentes da PSP agredidos em desordem entre pai e filho por causa de vedação

Segurança

Por Redação
Dois agentes da 50º. Esquadra da PSP (Cascais) foram agredidos esta sexta-feira, ao final da manhã, ao procurarem pôr cobro a desacatos entre pai e filho, alegadamente causados pela construção de uma vedação numa propriedade na rua de Santa Vitória, em Cascais.

Os incidentes, segundo fonte do Comando Metropolitano da PSP de Lisboa (Cometlis), registaram-se pouco depois das onze horas da manhã e os agentes tiveram necessidade de ser assistidos na urgência do Hospital de Cascais.

A PSP tinha sido acionada para intervir em desacatos entre os dois homens, familiares, na presença de mais meia dúzia de outros indivíduos, que estariam a ajudar nos trabalhos.

Em causa estaria uma desavença entre pai e filho pela construção de uma vedação.

Já no local, os agentes da PSP terão ordenado aos presentes que, por uma questão de segurança,  depositassem no chão as ferramentas de construção civil que manuseavam.

Um dos intervenientes, o pai, terá então esboçado resistência em fazê-lo, manifestando, ainda, grande agressividade.

Foi, então, que os agentes foram agredidos, um deles com um instrumento de construção civil.

Ao procurarem neutralizar o agressor, os agentes voltaram a ser confrontados, desta feita com a agressividade do filho, que veio em defesa do pai com o qual estava desavindo.

Com reforços policiais no local, pai e filho acabaram por receber voz de detenção e serem conduzidos às instalações policiais, devendo agora ser presentes aos Serviços do Ministério Público junto do Tribunal de Cascais.



+ populares

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

MULTIMÉDIA.SAÚDE