Violador foge com 10 euros e ameaça jovem para não fazer queixa

Segurança

Por Redação
16 janeiro 2020

O cadastrado que, a 10 de novembro último, junto a um parque infantil, na freguesia de São Domingos de Rana, assaltou sob a ameaça de uma navalha e acabou por violar uma rapariga, de 18 anos, ameaçou a vítima de que, caso “fizesse queixa” e ele “fosse preso, quando saísse da cadeia seria pior”, apurou Cascais24.

O suspeito, 20 anos, com antecedentes por crimes de roubo, foi identificado e reconhecido por fotos e presencialmente em finais de dezembro último, conforme Cascais24 noticiou.

No entanto, só no passado dia 8 foi detido, fora de flagrante delito, por inspetores da PJ e, indiciado pelos crimes de roubo, violação e coação na forma tentada, submetido a primeiro interrogatório judicial. Viu confirmada a prisão preventiva e recolheu ao Estabelecimento Prisional de Caxias.

Na aplicação da medida de coação mais grave ficou suficientemente indiciado de que o arguido abordou a vítima e, ameaçando-a com uma navalha, obrigou-a à prática de atos sexuais de relevo. 

Mais exigiu que a vítima lhe entregasse a sua carteira, de onde retirou 10€.

Antes de abandonar o local, o arguido avisou ainda a vítima que “já estivera preso, que conhecia muita gente naquela zona, e que se a vítima fizesse queixa e o arguido fosse preso, quando saísse da cadeia seria pior”.

Desde então que a vítima terá sofrido um grave distúrbio psicológico, estando a ser acompanhada por especialistas.

Segundo o DIAP de Cascais, que prossegue a investigação do processo, sob segredo de Justiça,
a aplicação da medida de coação de prisão preventiva ficou a dever-se à “verificação dos perigos de fuga, de continuação da atividade criminosa e de perturbação grave da ordem e tranquilidade públicas”.

Imprimir



1 comentário:

Anonimo disse...

Bela educação que este rapaz tem. Esperemos que apanhe muitos sabonetes na prisão e apodreça la dentro. E se nao for português que quando saía, regresse ao seu país de origem. Estragou a vida de uma miúda que infelizmente tera de carregar esse triste episodio na vida dela.

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."