Reclusos morrem à sexta-feira no Linhó

Segurança

Por Redação
16 agosto 2019
Um recluso, de 33 anos, foi encontrado morto, esta sexta-feira, de manhã, na cela individual que ocupava no Estabelecimento Prisional de alta segurança do Linhó, na freguesia de Alcabideche.

É o terceiro recluso, desde o início do ano, encontrado morto, por enforcamento, sempre a uma sexta-feira, de manhã, naquela cadeia de alta segurança.

"Trata-se de uma infeliz coincidência", disse, a Cascais24, fonte próxima dos Serviços Prisionais, que pediu o anonimato.

O recluso foi encontrado enforcado na cela individual e o alerta dado pelas 8h37 de esta sexta-feira.

Embora tudo aponte para um alegado suicídio, a Polícia Judiciária (PJ) de Lisboa e Vale do Tejo  fez deslocar ao estabelecimento prisional uma brigada da Secção de Homicídios.

Já a 5 de abril último, uma sexta-feira, um outro recluso, 30 anos, foi encontrado morto na cela individual que ocupava no Estabelecimento Prisional do Linhó, confirmou, na altura, a Cascais24, a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais.

O alerta foi dado pelas 8h47, depois do recluso ter sido encontrado enforcado na respetiva cela.
Questionada, então, por Cascais24, a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais confirmou que "os elementos da vigilância do Estabelecimento Prisional do Linhó, durante abertura matinal das celas , deram conta que um recluso se havia suicidado na sua cela de habitação individual".

Ainda segundo os serviços prisionais,  "os serviços clínicos do estabelecimento encetaram, de imediato, manobras de reanimação, ao mesmo tempo que era ativado o INEM, que veio a confirmar o óbito".

Finalmente e sem confirmar e/ou responder a outras questões levantadas por Cascais24, os serviços prisionais concluíram que "como decorre do legalmente previsto, foram feitas as comunicações às autoridades policiais, judiciais e de saúde competentes, tendo o corpo sido encaminhado para autópsia".

Recorda-se que o Estabelecimento Prisional do Linhó é de alta segurança e a sua população prisional é, maioritariamente, constituída por reclusos condenados, na faixa etária dos 21 aos 30 anos.

Imprimir











Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."