ANÚNCIO JUDICIAL EUA

ANÚNCIO JUDICIAL EUA
Pessoa visada vive em Abóboda, freguesia de S. Domingos de Rana

COVID19. Mais 4 casos suspeitos no lar de São Vicente em Alcabideche onde são confeccionadas refeições para crianças das creches

COVID19

Por Redação
01 julho 2020
O lar de São Vicente, que pertence ao Centro Social e Paroquial de Alcabideche e cujo refeitório confecciona refeições para as crianças das creches da instituição, registou esta quarta-feira, à tarde, mais quatro casos suspeitos de covid19 em utentes, elevando-se para 16 o número de infetados, entre utentes e funcionários, apurou Cascais24.

Quatro idosos, com idades que oscilam entre os 70 e os 80 anos, foram transportados ao Hospital de Cascais pouco depois das duas horas da tarde de esta quarta-feira, todos eles com sintomas de Covid19, tendo ficado internados para exames.

Até esta terça-feira, à tarde, altura em que surgiram os primeiros sinais de alerta, o lar de idosos de São Vicente, em Alcabideche, registavam um total 12 pessoas que acusaram positivo, entre funcionários e utentes.

Já esta terça-feira, à tarde, quatro outros utentes foram transportados ao Hospital de Cascais, onde ficaram internados, em observação. Seis outros idosos encontram-se ainda no lar sob vigilância.

Duas funcionárias também recolheram, entretanto, aos domicílios, encontrando-se em quarentena.

A situação está a ser acompanhada pela Autoridade de Saúde de Cascais, diz-se.

Sem sucesso, Cascais24 procurou ao início de esta tarde falar com responsáveis pelo lar. 

Refeitório para creches funciona no lar

Entretanto, os pais de crianças que frequentam as creches do Centro Social e Paroquial de Alcabideche começam a manifestar "enorme preocupação.

É que, apurou Cascais24, o refeitório onde são confeccionadas as refeições que são distribuídas às crianças das creches geridas por aquele centro social e paroquial está instalado no lar de idosos, onde esta terça-feira foi detetado o surto de Covid19.

Ao que parece, os responsáveis continuam sem dar satisfações, a omitir informação, numa aparente tentativa de fazer crer que estará tudo sob controlo, o que, de resto, começa a tornar-se numa frequente atitude de instituições que procuram "esconder" os factos, o que as comunidades e a sociedade em geral tendem a condenar cada vez mais!









Sem comentários:

Publicação em destaque

"FURÕES" da PSP desfazem gangue que assaltava jovens com violência na via pública e procuram mais vítimas

Um gangue de cinco elementos- quatro masculinos e um feminino- suspeito de ataques violentos de rua a jovens foi agora desarticulado por age...

FOI NOTICIA

BLOGS