COVID19. Alerta para possível contágio foi dado aos Bombeiros de Cascais por administrador de condomínio onde vivia infetado que morreu no hospital

COVID19


05 abril 2020
O alerta de que um cidadão, idoso, estrangeiro, tinha falecido no hospital, vítima de Covid19, foi dado aos Bombeiros de Cascais, que o tinham transportado, pelo administrador do condomínio onde vivia, apurou Cascais24.

Rui Rama da Silva, presidente da direção dos Bombeiros de Cascais confirmou, este domingo, a Cascais24, a informação. "Confirmo que fomos alertados no dia 22 de março pelo administrador de um condomínio que um residente, que tínhamos transportado na primeira quinzena, tinha falecido no hospital de Cascais vítima de Covid19".

Dois bombeiros estão em isolamento no quartel, que foi alvo de uma operação de desinfeção este sábado
O alerta levou logo os responsáveis pela corporação a agirem, vindo a confirmar-se, numa primeira fase, que dois operacionais tinham acusado nos testes positivo para Covid19. "Um deles regressou a casa, em isolamento, onde ainda continua, e o outro ficou na mesma situação, mas na camarata feminina do quartel, que isolámos para estes casos, onde também ainda permanece", precisou o mesmo dirigente dos Bombeiros de Cascais.

Neste momento, a este último bombeiro em isolamento no quartel juntou-se um outro colega, cujo teste confirmou Covid19, elevando-se, assim, a três o número de bombeiros de Cascais com resultados positivos. O teste a um outro foi inconclusivo.

"Em resumo, disse Rui Rama da Silva, temos, infelizmente, três bombeiros com resultados positivos para Covid19, um deles em casa, com cerca de 30 anos, e os outros dois, de 24 e 39 anos, em isolamento no quartel e um outro sob suspeita, por o resultado ter sido inconclusivo".

Até ao momento e graças à intervenção do presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, que conseguiu acelerar os processos, 36 pessoas, entre bombeiros e pessoal administrativo, foram testados no Centro de Congressos do Estoril.

Rui Rama da Silva
Esta terça-feira, pelo menos 32 deles voltam a ser submetidos a novos testes de despistagem naquele centro de congressos, revelou Rui Rama da Silva.

Entretanto, este sábado, à tarde, o quartel foi alvo de uma operação de desinfeção, quer no interior, a cargo de uma empresa privada, quer no exterior a cargo da empresa municipal "Cascais Ambiente".

Rui Rama da Silva disse, ainda, a Cascais24, que "neste momento temos o quartel desinfetado, mas aguardamos as orientações da Autoridade de Saúde, quer relativamente à sua reabertura, que só prevemos, porventura ter lugar até ao final da próxima semana, quer em relação à assistência aos familiares dos nossos três bombeiros infetados". 

As orientações da Autoridade de Saúde deverão ser dadas esta segunda-feira, soube, ainda, Cascais24.

Até à reabertura operacional do quartel dos Bombeiros de Cascais, o socorro e o transporte de doentes é assegurado pelos restantes quatro corpos de Bombeiros do concelho.


Imprimir


Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."