Taxista vive momentos de terror em assalto

Segurança

Por Redação
08 abril 2019
Um motorista de táxi, 33 anos, viveu momentos de terror ao ser assaltado por dois desconhecidos, um armado com um revólver, que lhe encostou à cabeça, e por outro que o tentou estrangular, ambos feitos com o passageiro que transportava a partir da estação ferroviária de Carcavelos, tendo por destino a rua Ilha Terceira, na Urbanização Quinta da Bela Vista.

O ataque teve lugar na quarta-feira, pelas 21h35.

O taxista, que vive no concelho de Odivelas, mas presta serviço no concelho de Cascais, apanhou um cliente na praça junto à estação ferroviária de Carcavelos.

O cliente mandou o motorista seguir para a rua Ilha Terceira, na Urbanização Quinta da Bela Vista, curiosamente não muito longe.

Chegado ao destino e ao imobilizar o táxi, o motorista foi surpreendido pela aparição de dois desconhecidos.

Um encostou-lhe um revólver à cabeça, a partir do exterior, enquanto o outro entrou pela porta traseira e agarrou-o pelo pescoço.

Os dois homens, em conluio com o passageiro, acabaram por roubar 75 euros em dinheiro e um relógio ao motorista, colocando-se, de seguida, em fuga apeada. 

Já com os assaltantes longe, o taxista acionou a PSP, que fez deslocar uma patrulha móvel à rua Ilha Terceira.

No entanto, a investigação, por ter sido usada uma arma de fogo, neste caso um revólver, passou para a alçada da Brigada Antirroubo da Polícia Judiciária (PJ) de Lisboa e Vale do Tejo, que agora procura identificar, localizar e deter os suspeitos, cujas idades aparentes andam entre os 20 e os 30 anos. 
Imprimir

Sem comentários:

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

Abrigos precisam-se!

Quem põe na ordem donos de caninos?

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo
Artigo de OPINIÃO Drª Francisca Delerue

Expulsemos as traquitanas