Bombeiro de Carcavelos e São Domingos distinguido com “ouro” pelo Governo doou prémio de Mérito à corporação

Segurança

Por Redação
13 junho 2019

Gonçalo Monteiro, bombeiro de 2ª classe na corporação de Carcavelos e São Domingos de Rana, distinguido pelo ministro da Administração Interna com a medalha de mérito de proteção e socorro, no grau ouro e distintivo azul, pela “forma abnegada” com que interveio no incêndio que deflagrou em dezembro último num edifício de habitação social, na Mata da Torre, doou o prémio de Bombeiro de Mérito 2018, no valor de 1.500 euros, à associação humanitária para que “possa continuar a exercer o seu bom trabalho, na aquisição de EPIS e equipamentos vários para o CORPO BOMBEIROS”.

O Prémio Bombeiro de Mérito 2018 foi entregue em maio, durante as comemorações do Dia do Bombeiro Português, promovidas pela Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP), que decorreram em Leiria.

Já de acordo com o despacho do ministro Eduardo Cabrita, datado de 24 de maio, mas só publicado em Diário da República esta quarta-feira, “o Bombeiro de 2.ª Gonçalo Diogo Silva Monteiro, do corpo de bombeiros da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Carcavelos e São Domingos de Rana, sempre norteou a sua conduta e ação, na proteção das pessoas, do património e do ambiente, de forma notavelmente solidária, devotando muito do seu tempo em prol da comunidade”.
E, o despacho de concessão da medalha de mérito de proteção e socorro, no grau ouro e distintivo azul ao bombeiro Gonçalo Monteiro, relembra que “no passado dia 14 de dezembro de 2018 quando circulava com o seu veículo no bairro Mata da Torre, em São Domingos de Rana, apercebeu-se de fumo a sair pela janela de um edifício. Não estava de serviço ao corpo de bombeiros mas, de imediato, com risco da própria vida entrou no edifício e tentou retirar o maior número possível de pessoas”.
O despacho de Eduardo Cabrita recorda, ainda, que Gonçalo Monteiro “entrou, também, no apartamento que se encontrava a arder e tentou aceder à divisão em chamas por se aperceber que aí se encontrava alguém. Contudo não foi possível devido à intensidade das chamas e ao fumo intenso. Procurou ajuda no exterior e com a ajuda de agentes da PSP voltou ao interior do apartamento em chamas para tentar resgatar a pessoa que se encontrava no seu interior mas apesar dos esforços e do risco da própria vida não conseguiu salvar a moradora”.
Após a chegada das equipas do corpo de bombeiros, “o bombeiro Gonçalo Monteiro vestiu o equipamento de proteção individual da motorista da ambulância, colocou a ARICA e subiu ao 3.º andar onde retirou uma criança que se encontrava sozinha em casa”, refere, ainda, o despacho do ministro da Administração Interna.
“O Bombeiro Gonçalo Monteiro atuou de forma abnegada, arriscando a própria vida e fazendo jus ao lema dos bombeiros «vida por vida» demonstrando assim com o seu ato sentido de solidariedade e altruísmo”, conclui.

“Esta causa que me corre nas veias”

Gonçalo Monteiro, que estudou nos Salesianos de Manique, é motorista no grupo Barraqueiro e bombeiro há 15 anos na corporação de Carcavelos e São Domingos de Rana, partilhou no Facebook a distinção.
“Há momentos das nossas vidas que por uma ou outra razão ficam guardados na nossa memória para sempre e que a partir daí servem-nos como referência para o futuro”, escreve o bombeiro herói, que acrescenta: “Lembro-me por isso como se fosse hoje, do dia em que cumpri um sonho de menino e vesti pela primeira vez a farda de um Bombeiro.👩🚒

“Os anos foram passando e com eles fui crescendo como Bombeiro👩🚒 como pessoa e como elemento ativo de uma sociedade civil que tantas vezes se esquece da farda que orgulhosamente envergamos dentro e fora de serviço”, adianta Gonçalo Monteiro, que recorda que “naquele dia, aquela hora, como tantos outros foi só mais uma situação em que apliquei todos os meus conhecimentos adquiridos ao longo de mais de 15 anos ao serviço dos Bombeiros de Carcavelos e São Domingos de Rana, e como jurei cumprir🙏, "com o risco da própria vida" fiz o meu melhor em prol do próximo. Fi-lo eu e fizeram todos os Operacionais que estiveram presentes naquele T.O.🚒🚑👩🚒👩🚒🔥

“Por isso permitam-me dizer-vos que o Mérito não é só meu, mas de todos os que comigo estiveram naquele incêndio e que sem exceção merecem comigo este Publico reconhecimento”, escreve no post publicado no Facebook.

“Queria por isso dedicar este Prémio em 1o lugar a minha Família 👨👩👧👧. Em especial a minha Esposa 👸Ana Sofia Varela e ás minhas Filhas👨👧👧, elas que são o meu grande suporte e base de toda a minha vida, são também elas que mais sofrem com a minha ausência por esta causa que me corre nas veias... "OS BOMBEIROS" 🚒🚑👩🚒🇵🇹”, afirma.

Depois de, “em 2o lugar agradecer todo o reconhecimento apoio e disponibilidade do meu Comandante, Sr. Cmdt. Paulo Santos, bem como aos restantes elementos do Comando e Corpo Ativo com quem partilho esta segunda casa que são os BOMBEIROS DE CARCAVELOS E SÃO DOMINGOS DE RANA”, Gonçalo Monteiro conclui que “por este e por outros motivos, quero anunciar aqui, que em forma de reconhecimento e porque o meu Corpo de Bombeiros é também responsável pelo meu crescimento como Bombeiro e como Homem, toda a quantia monetária relativa a este Prémio de Bombeiro de Mérito 2018 será doada á ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS CARCAVELOS SÃO DOMINGOS RANA para que possa continuar a exercer o seu bom trabalho, na aquisição de EPIS e equipamentos vários para o CORPO BOMBEIROS, para que desta forma outros se possam tornar HOMENS E MULHERES... BOMBEIROS DE PORTUGAL...”

Imprimir



1 comentário:

Bea disse...

UM EXEMPLO DE VERDADEIRO ALTRUÍSMO!PARABÉNS GONÇALO PELO EXCELENTE SER HUMANO QUE É!!!QUE A VIDA SEJA SEMPRE GENEROSA CONSIGO!

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

Abrigos precisam-se!

Quem põe na ordem donos de caninos?

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo
Artigo de OPINIÃO Drª Francisca Delerue

Expulsemos as traquitanas