Moradias de luxo à venda por mais de 1 milhão nascem junto à Quinta da Marinha

Atual

Por Redação
19 setembro 2019

Um novo condomínio de luxo – Marinha Garden Residences – aparentemente só acessível a gente endinheirada, sobretudo estrangeiros, que cada vez mais estão a tomar conta da Cascais dos Cascalenses, nasceu junto à icónica Quinta da Marinha e as suas onze moradias começaram, entretanto, a ser comercializadas por valores que oscilam entre 1 milhão e 410 mil euros, a mais cara, e 1 milhão e 220 mil euros, a mais em conta…

As novas moradias de luxo, segundo noticia o site “Idealista/News”, possuem jardim privativo, espaços comuns de lazer e piscina, contempla tipologias T3 e T4, com áreas entre os 190 e os 239 metros quadrados (m2). 

Segundo o mesmo site, “todas as moradias têm dois andares “com generosas áreas de estar e suites espaçosas”, e ainda garagem em cave”.

De acordo com o mesmo site, o projeto, promovido pelo Fundo Discovery - está a ser comercializado pela JLL e pela IRG Fine & Country - beneficia da proximidade de diversos hotéis e de dois campos de golfe, bem como de equipamentos de lazer como um centro hípico, clube de ténis e padel, ginásio e spa com piscinas para natação, estando a apenas cinco minutos do centro da vila de Cascais e do acesso à A5 (que liga Cascais a Lisboa). 

“A par da sua localização numa zona residencial tranquila e prestigiada, próxima do centro de Cascais, o Marinha Garden Residences é um condomínio exclusivo ideal para quem procura moradias prontas a habitar”, referiu, a propósito, Patrícia Barão, Head of Residential da JLL. Uma opinião partilhada por Nuno Durão, Managing Partner da Fine and Country em Portugal, para quem este projeto é dos quemelhor respondem ao enorme volume de interessados em residir ou investir em Cascais”, adianta o mesmo site.

“Este projeto distingue-se pela excelente interpretação da arquitetura contemporânea trazida pelo Arquiteto António Vidigal, sem perder de vista uma perspetiva mais tradicional ancorada na capela de São José da Bicuda (edifício adjacente)”, declarou, por sua vez, ao mesmo site, Pedro Seabra, em representação do Fundo Discovery.

O Discovery é um Fundo de Turismo e Imobiliário, com um valor bruto de ativos de cerca de 960 milhões de euros, que nos últimos seis anos investiu mais de 60 milhões de euros na renovação e abertura de diversas unidades hoteleiras e outros empreendimentos.

Imprimir


2 comentários:

Anónimo disse...

O judas ao pé destes individuos é um amador ...

António Pascoal disse...

Nao percebo o objetivo desta publicação. O vosso jornal habituou-nos a outro tipo de informação,

Uma pequena introdução com referência à fonte e transcrição quase total em copiar/colar do original, sem alguma reação ou análise

Para un site de anuncios imobiliários como o Idealista pode-se dizer que é informação, aqui parece-me que seja mais publi-informação.

Duvido que a imobiliária mencionada esteja a precisar da ajuda do Cascais 24 para vender o resto das moradias...

+ populares

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

MULTIMÉDIA.SAÚDE