Mata pombos a tiro em área residencial

Atual

Por Redação
04 fevereiro 2020

Um homem, responsável pela manutenção de uma conhecida unidade hoteleira da região, é suspeito de “entreter-se” com a sua arma de pressão de ar a matar pombos na área habitacional onde vive, em Cascais.

A denúncia partiu de uma vizinha, que captou imagens de, pelo menos, um pombo abatido pelos chumbos feitos a partir do segundo andar da casa habitada pelo suspeito e, para além de Cascais24, enviou fotos para a PSP, Fiscalização Municipal, PAN e outras entidades.

Em causa, diz, para além da “crueldade” manifestada com esta atitude, o suspeito deixa um sentimento de insegurança na área habitacional onde vive. 

“Não posso sentir-me segura, dado que quem atira desta forma cruel a um animal indefeso é cobarde o suficiente para atirar a pessoas”, sublinha a queixosa.

“As pessoas decentes pedem aos vizinhos para não darem comida aos pombos, não atiram sobre eles”, acrescenta a moradora, segundo a qual “este tipo de selvagens devem ser controlados com as armas que usam”. 

A “caça” aos pombos aos tiros registou-se nas traseiras  da rua Engenheiro D. António Castelo Branco, em Cascais, referencia a moradora, altamente indignada e que identifica o presumível autor, cuja identidade omitimos, nos emails enviados às diferentes entidades junto das quais denúncia esta atuação, que também pode constituir um elevado risco para a segurança e integridade física de moradores.

Imprimir





Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."