Recluso encontrado morto no Linhó

Segurança

Por Redação
05 abril 2019
Um recluso, 30 anos, foi encontrado morto, esta sexta-feira, de manhã, na cela individual que ocupava no Estabelecimento Prisional do Linhó, confirmou, a Cascais24, a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais.

O óbito foi confirmado pelo médico da VMER do Hospital de Cascais.

O alerta foi dado pelas 8h47, depois do recluso ter sido encontrado enforcado na respetiva cela.


Questionada por Cascais24, a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais confirma que "os elementos da vigilância do Estabelecimento Prisional do Linhó, durante abertura matinal das celas , deram conta que um recluso se havia suicidado na sua cela de habitação individual".

Ainda segundo os serviços prisionais,  "os serviços clínicos do estabelecimento encetaram, de imediato, manobras de reanimação, ao mesmo tempo que era ativado o INEM, que veio a confirmar o óbito".

Finalmente e sem confirmar e/ou responder a outras questões levantadas por Cascais24, os serviços prisionais concluem que "como decorre do legalmente previsto, foram feitas as comunicações às autoridades policiais, judiciais e de saúde competentes, tendo o corpo sido encaminhado para autópsia".

Recorda-se que o Estabelecimento Prisional do Linhó é de alta segurança e a sua população prisional é, maioritariamente, constituída por reclusos condenados, na faixa etária dos 21 aos 30 anos.

Imprimir




1 comentário:

Da Serra disse...

E enforcou-se como? Com quê?

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

Abrigos precisam-se!

Quem põe na ordem donos de caninos?

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo
Artigo de OPINIÃO Drª Francisca Delerue

Expulsemos as traquitanas