Mais um taxista de Cascais assaltado

Segurança

Por Redação
A vaga, aparentemente incontrolável, de ataques a motoristas de táxi das praças do concelho de Cascais não pára e, este domingo, de madrugada, mais um taxista foi assaltado na freguesia de São Domingos de Rana.

O taxista apanhou na praça dois "passageiros", que lhe indicaram como destino Cabeço de Mouro, em São Domingos de Rana.

Já em Cabeço de Mouro, pelo método de "gravata", neutralizaram o motorista, ao qual roubaram uma quantia em dinheiro, que não foi revelada.

Recorda-se que, ainda no outro fim-de-semana, um outro taxista, de 53 anos, foi atacado e violentamente agredido em Cabeço de Mouro, por desconhecidos que fugiram com dinheiro e o telemóvel. A vítima teve que receber tratamento hospital e, inclusivamente, ser submetida a intervenção cirúrgica ao maxilar.

Com este mais recente ataque, eleva-se a mais de uma dezena o número de motoristas de táxi do concelho de Cascais assaltados e alguns agredidos nas últimas semanas.

Os assaltantes atraem os motoristas através de chamadas para a central-rádio ou apanham os táxis na via pública, em diferentes localidades do concelho de Cascais.

Alguns motoristas foram assaltados e agredidos no concelho e outros em Oeiras, Sintra e Loures.

“São sempre, no entanto, motoristas das praças do concelho de Cascais”, disse a Cascais24 um motorista, segundo o qual “tudo indicia tratar-se de indivíduos que vivem no concelho”.

Dinheiro e telemóveis têm constituído o produto dos roubos, protagonizados com recurso à neutralização dos motoristas pelo método de “gravata”, por coação e por agressões. 


As forças de segurança suspeitam que os autores dos ataques formam um gang, constituído entre quatro a cinco indivíduos- dois dos quais foram recentemente captados pelas câmaras de video-vigilância a passearem no CascaiShopping, conforme Cascais24 noticiou oportunamente.





Imprimir

Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."