Antigo dono do mítico restaurante “Retiro do Alho” faleceu aos 76 anos

Atual

Por Redação
20 março 2020

Carlos Alberto Santos (Alho), antigo empresário de restauração e dono do mítico restaurante “Retiro do Alho”, entretanto encerrado há alguns anos, faleceu esta quinta-feira, aos 76 anos, no Hospital de Cascais, onde estava internado, vítima de doença prolongada.

Fervoroso adepto do Sporting Club de Portugal e um grande bairrista, que vivia e sentia a aldeia de Manique de Baixo, deixa saudades entre todos quantos tiveram o privilégio de o conhecer e com ele travar amizade ao longo das últimas décadas.

Nascido e criado em Manique de Baixo, chegou a emigrar para França e, depois, para a Suíça.

Foi durante cerca de 40 anos, o dono de um dos mais míticos restaurantes tradicionais do concelho de Cascais, o “Retiro do Alho”, em Manique de Baixo, na freguesia de Alcabideche, que encerrou definitivamente as suas portas há alguns anos.

A crise na área da restauração, aliada a problemas de saúde de Carlos Alberto Santos “O Alho” foram, entre outros, fatores que contribuíram para o encerramento deste espaço, rústico e acolhedor, com decoração em madeira e alguns detalhes marítimos e artefactos antigos.

A par dos bons pratos da cozinha tradicional portuguesa, que eram servidos, o “Retiro do Alho” deixou saudades e recordações pelas tertúlias ai realizadas, pela simpatia e pelo profissionalismo do seu pessoal.

E deixou mais pobre Manique de Baixo, que agora vê partir também o homem que, ultimamente, via com alguma tristeza aquilo que considerava ser um símbolo de retrocesso da aldeia que o viu nascer. “Até o Multibanco nos tiraram”, lamentou recentemente ao jornalista.

O velório de Carlos Alberto Santos (Alho) realiza-se este sábado, a partir das 10h00 na Capela de Nossa Senhora das Neves. O funeral está marcado para as 15h00 para o cemitério de Alcabideche.

Cascais24 e o seu diretor, Valdemar Pinheiro, apresentam à viúva, aos dois filhos e restante família as mais sentidas condolências.
Imprimir

Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."