Jovem surfista golpeada ao resistir a violador com "joelhada" no baixo ventre

Segurança

Por Redação
12 novembro 2018

A jovem surfista e skater Mariana Rocha Assis, 20 anos, foi atacada esta sexta-feira, à noite, no paredão do Estoril por um desconhecido, que a golpeou no abdómen depois de uma alegada tentativa de violação.


A revelação foi feita nas redes sociais pela própria jovem que, segundo Cascais24 apurou, formalizou queixa contra um desconhecido no posto avançado da GNR de Alcabideche, sediado no Hospital de Cascais, onde recorreu para ser assistida.


A agressão, com arma branca, que atingiu Mariana na região abdominal, surgiu depois da jovem, que estava sozinha, ter reagido com sangue frio, desferindo um golpe no baixo ventre do agressor.


“Raiva, frustração, dor, medo, nem tenho a certeza daquilo que sinto...Não só por saber a sorte que tive mas pelo facto daquele filho da mãe ainda estar por aí. Para aqueles que continuam a perguntar ou para aqueles que já estão a contar coisas que não aconteceram, aqui está a história: estava ir para casa sozinha à noite, quando um homem tentou violar-me. Ele não o fez. Tive a sorte de ter o sangue frio para dar-lhe uma joelhada nos tomates e ele de seguida esfaqueou-me na barriga”, conta a jovem na sua página do Facebook.


E, acrescenta: “Tenho muito respeito por todas as mulheres que não podem reagir como eu fiz e são violadas por essas pessoas loucas que estão à solta e deveriam estar no inferno. Agradeço a Deus por estar viva. Para todos aqueles que ligaram e enviaram mensagens, desculpem não ter respondido, mas o telemóvel não parou de tocar. Love Mariana.”


A jovem competidora da Liga MEO recupera, agora, em casa, mas promete para breve um regresso às lides desportivas.


Segundo Cascais24 apurou, a GNR de Alcabideche enviou a participação ao Ministério Público, que agora deverá atribuir à Esquadra de Investigação Criminal da PSP a investigação tendente à identificação, localização e detenção do suspeito.


Começou a surfar aos 9 anos


Mariana Rocha Assis, que estudou na Secundária de São João do Estoril, começou a surfar aos 9 anos, mas só começou a treinar mais a sério aos 15 anos.


Numa entrevista que deu há cinco anos ao site SurfTotal, Mariana explicou porque escolheu praticar surf: “Quando era pequenina andava sempre com uma prancha de bodyboard em Vila Nova de Milfontes e quando apanhava uma onda punha-me sempre em pé. Até que um dia o meu pai deu-me uma prancha de surf e foi desde aí que faço surf”.

Depois de referir na mesma entrevista que Poça e Azarujinha era o pico preferido, a jovem revela que a sua grande inspiração nacional e internacional foram Vasco Ribeiro e Teresa Bonvalot, a nível nacional e a nível internacional e John John Florence e Sally Fitzgibbons a nível internacional.


E, aos 15 anos, na mesma entrevista, Mariana não deixa  de elogiar os seus treinadores de todos os dias, David Raimundo, Nuno Telmo, Rodrigo Sousa, João Moisés e Henrique Quartin.


Finalmente, a jovem deixa uma mensagem: “Façam aquilo que gostam! E quem nunca fez surf, devia fazer, pois não sabe o que está a perder!



Imprimir


Sem comentários:

Publicação em destaque

FUNCIONÁRIA do Modelo Continente de Tires salva cliente de 81 anos em paragem cardiorrespiratória

HEROÍNA .  Ao aplicar os seus conhecimentos de suporte básico de vida, com a ajuda de um desfibrilhador, até à chegada dos Bombeiros de Pare...

FOI NOTICIA

BLOGS