DESORDEM. Fogareiro provoca rixa entre vizinhos e faz quatro feridos na Areia

Segurança

Por Redação
O uso de um fogareiro terá estado na origem da desordem que, esta sexta-feira, à noite, provocou quatro feridos na Areia, no Guincho, confirmou, a Cascais24, a oficial de serviço ao Comando Metropolitano da PSP de Lisboa (Cometlis).

O conflito registou-se pouco antes das oito horas da noite e envolveu vizinhos, na praceta de São Brás, na Areia.

"O uso de um fogareiro terá estado na origem da rixa, que envolveu vizinhos e da qual resultou quatro feridos", adiantou a oficial de serviço ao Cometlis.

Segundo a mesma fonte, os feridos, com idades entre os 17 e os 47 anos, entre os quais uma mulher, de 45 anos, tiveram necessidade de receber tratamento hospitalar".

Os quatro feridos nesta desordem foram transportados à urgência do Hospital de Cascais em duas ambulâncias do Corpo de Bombeiros de Cascais.

O transporte dos feridos foi confirmado a Cascais24 pelo comandante João Loureiro, dos Bombeiros de Cascais que, inicialmente, informou tratar-se de quatro jovens.

No entanto, a oficial da PSP revelou tratar-se de três homens, de 17, 45 e 47 anos e de uma mulher, de 45 anos.





Imprimir

2 comentários:

Alicia Camacho disse...

Boa tarde

infelizmente é a 1ª e ultima vez que venho a este Bloggue ler seja que noticia for pois os factos aqui noticiados não correspondem á verdade e deviam primeiro se informar melhor antes de noticiar se querem ter alguma credibilidade .
Não foi um fogareiro que esteve na origem da "rixa" mas sim um forno a lenha antigo onde nos bons tempos da Areia os vizinhos usavam para fazer pão e outros cozinhados .
Não foi nenhuma mulher transportada para o hospital nem assistida no mesmo.
Lamento o acontecimento assim como outros que infelizmente têm acontecido e esta noticia mal informada.

Obrigada pela atenção

Alicia Camacho

cascais24 disse...

A noticia em causa foi elaborada, como facilmente se pode depreender do texto, com base em informação policial! Cascais24 não inventa!

Lamentamos, no entanto, alguma imprecisão, à qual, somos naturalmente alheios.

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."