Muita alegria e emoção no regresso de jovem militar cascalense de missão de alto risco no Afeganistão

Atual


Por Redação 
07 novembro 2018
Muita alegria e emoção quanto baste marcaram esta quarta-feira, à tarde, a chegada ao aeroporto de Lisboa,  de André Filipe Raimundo André, o jovem militar português, nascido há 26 anos em Cascais e a viver com os pais em Manique de Baixo, na freguesia de Alcabideche  e que, desde maio último, integrando o Destacamento da NATO no Afeganistão, teve por missão defender o aeroporto de Cabul contra os Talibãs e os terroristas do Daesh.


Uma foto que vale por mil palavras à chegada do jovem militar ao aeroporto Humberto Delgado
No aeroporto Humberto Delgado esperavam, desde muito cedo, os pais e as irmãs, ansiosos de ver o filho e o irmão e dar-lhe aquele abraço apertado, que marca o amor da família.
Uma alegria e uma emoção indescritíveis era patente nos rostos dos pais e irmãs de André André que, desde há seis meses, contavam os dias e as horas que faltavam para o seu regresso para junto da família, em Manique de Baixo.
 
André com a mãe no exterior do aeroporto, no regresso a casa
O Destacamento militar português que André André integrou ao serviço da NATO chegou ao Afeganistão em maio último e teve por missão defender o aeroporto internacional de Cabul.

“Temos muito orgulho no nosso filho”, disse, há dias, a Cascais24, Victor André, o pai do jovem militar cascalense, que agora viu, finalmente, o filho regressar são e salvo para um período de licença de dois meses.

Com o jovem militar de Cascais regressou todo o Destacamento, em missão de alto risco no Afeganistão, entretanto substituido por outro destacamento.

Foram chegando esta quarta-feira, em pequenos grupos, em voos normais, ao aeroporto Humberto Delgado.



Imprimir

Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."