Reviver Cascais dos anos 60 com agente secreto em perseguição a chefe do crime

Cultura



16 DEZEMBRO 2019
A Baía de Cascais, ainda com os barcos de pescadores no areal, a praça de táxi junto ao hotel, o palácio Condes de Guimarães, a Casa de Santa Maria e a enseada da praia de Santa Marta, foram os principais locais onde em 1967 foi rodado o filme de ação de David Miller “Cabeça de Martelo”, atualmente em exibição no canal AXN Black.


Hammerhead, em inglês, colocado então no mercado em 1968, conta as aventuras do agente norte-americano Charles Hodd, que é enviado pelos serviços secretos britânicos a Cascais para travar os planos do maléfico chefe do crime internacional “Cabeça de Martelo”, que planeia roubar um relatório sobre um sistema de defesa nuclear antes de ser apresentado numa conferência da Otan, em Lisboa.


Cena de perseguição no então palácio Condes de Guimarães
Baseado no romance de James Mayo e escrito por Herbert Baker, que fez os filmes de Matt Helm para a Columbia Pictures, “Cabeça de Martelo” foi rodado em 90% das cenas na Cascais que vale agora a pena rever no AXN Black, sobretudo para os mais saudosistas, quer da Cascais de outros tempos, quer para os cinéfilos amantes de filmes de ação e suspense.

O agente secreto Charles Hood chega a Lisboa, fazendo-se passar por mensageiro de uma valiosa coleção de artigos eróticos. No antigo Cais das Colunas, em Lisboa, embarca até ao iate de Hammerhead, que é coleccionador daquele tipo de artigos, então estacionado ao largo do rio Tejo, tendo como pano de fundo a Ponte Salazar.


Agente contrata serviço de taxista junto ao hotel Baía
Depois de algumas peripécias a bordo, o agente secreto consegue escapulir-se, usando uma pequena embarcação com motor e ruma em direção à Baía de Cascais, à então praia dos Pescadores. Aqui deixa o barco e corre pelo areal, por entre as chatas, até junto ao hotel Baía, onde contrata os serviços de um taxista, que o conduz à fortificação do Guincho.


Festival psicadélico na praia de Santa Marta
É, principalmente na Cascais dos anos 60 que decorre toda a grande ação, não faltando, sequer, um festival psicadélico na praia de Santa Marta.


É aqui que termina - com a morte do mau da fita e o agente Charles Hood a abandonar o mar de Cascais, com todo o seu esplendor, a bordo de um iate e em agradável companhia feminina - todo o trama de “Cabeça de Martelo”, protagonizado por Vince Edwards, Peter Vaughan, Judy Geeson e Diana Dors.
"Cabeça de Martelo" em fuga pela Casa de Santa Maria antes da sua "morte"
Imprimir



Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."