DETIDO PELA PJ. Homem que pegou fogo a sul do Autódromo com apresentações

SEGURANÇA

Por REDAÇÃO
03 setembro 2020

Um homem, 58 anos, sem família, que vive sozinho numa casa degradada e não trabalha foi o presumível autor do incêndio que, esta terça-feira, ao final da manhã, destruiu cerca de 400 m2 de mato em Atrozela, a sul do Autódromo do Estoril, em circunstâncias que Cascais24 avançou então.

O alegado pirómano foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) de Lisboa e Vale do Tejo, em colaboração com a GNR de Alcabideche, mas submetido a primeiro 9interrogatório judicial junto do tribunal de Cascais acabou por sair em liberdade, mediante a medida de coação de apresentações semanais.

Segundo a PJ, o suspeito “sem motivo aparente ateou fogo a uma área de vegetação, composta por pasto, mato denso, arbustos e árvores, numa zona vizinha onde se encontram algumas habitações isoladas, tendo criado perigo para todo esse património e para os seus residentes”.

“O incêndio consumiu cerca de 400 m2 e não tomou proporções mais graves em virtude de ter sido detetado precocemente por algumas testemunhas, tendo sido suscitada, de imediato, a intervenção rápida dos bombeiros que o vieram a extinguir”, refere a Polícia Judiciária (PJ).

Conforme Cascais24 noticiou na altura, o combate ao incêndio mobilizou 37 bombeiros e um helicóptero vindo de Mafra.

Noticia relacionada


Sem comentários:

Publicação em destaque

CASAL encontrado morto em Abóboda

Um casal foi encontrado morto, este domingo, ao início da tarde, em Abóboda, S. Domingos de Rana, confirmou, a Cascais24Horas Pedro Araújo,...

FOI NOTICIA

BLOGS