COVID19. Vandalismo obriga Câmara a colocar máquinas de máscaras em locais seguros e protegidos

COVID19

Carlos Carreiras anunciou a mudança de estratégia para acabar com os atos de vandalismo
Por REDAÇÃO
24 agosto 2020

As máquinas dispensadoras de máscaras anticovid19 instaladas pela Câmara Municipal de Cascais em diferentes locais públicos acessíveis do concelho, irão ser recolocadas no interior de espaços como cafés, bibliotecas, supermercados e outros que reúnam condições para serem vigiadas e protegidas.

Esta mudança de estratégia por parte do município surge na sequência dos frequentes atos de vandalismo de que o equipamento tem vindo a ser alvo.

Recorda-se que, desde o início da pandemia da covid19 que a Câmara Municipal de Cascais promove o programa “Máscaras Acessíveis”, com o objetivo de disponibilizar máscaras a toda a população a um preço bastante mais baixo do que o praticado pelo mercado, mas também que fossem de fácil acesso a todos. 

Ao todo, em espaços públicos do concelho, foram instaladas cerca de 200 máquinas, para além de outras tantas em 90 instituições. 

“O que se começou a verificar de uma forma incompreensível e que só posso repudiar é que essas máquinas dispensadoras de máscaras acessíveis que se encontram no espaço público começaram a ser vandalizadas e isso é algo que estão a fazer contra a própria comunidade”, afirmou, a propósito, Carlos Carreiras.

“Tivemos que rever toda esta situação e essas máquinas vão passar para dentro de locais onde possam ser vigiadas e onde há um controlo efetivo sobre a sua utilização”, revelou o chefe do Governo local de Cascais, segundo o qual “isso levará a que não estejam tão acessíveis, mas estão mais seguras para que possam funcionar em pleno”. 

Noticias relacionadas 


2 comentários:

João Casanova Ferreira disse...

Qual a empre$a a que foi adjudicada a empreitada? Como foi gerido mai$ $st$ proce$$o? Foi por convite? Quanto vai cu$tar ao município? O contrato pode $er co$ultado onde? Peço de$culpa, poi$ e$tou com problema$ no teclado.

João Casanova Ferreira disse...

Qual a empre$a a que foi adjudicada a empreitada? Como foi gerido mai$ $st$ proce$$o? Foi por convite? Quanto vai cu$tar ao município? O contrato pode $er co$ultado onde? Peço de$culpa, poi$ e$tou com problema$ no teclado.

Publicação em destaque

BOMBEIROS de Parede salvam canídeo de poço. Veja o vídeo do resgate

CANÍDEO aguarda pelo socorro (Créditos: BVParede) RESGATADO COM SUCESSO . Um canídeo foi resgatado, esta quarta-feira, de manhã, pelos Bomb...

FOI NOTICIA

BLOGS