Homem agredido por outro com socos e pontapés corre risco de perder vista

Segurança


Uma discussão, por motivos fúteis, culminou este domingo, ao início da madrugada, em Cascais, em confrontos físicos entre dois homens, um dos quais corre risco de perder uma das vistas.

A cena de pancadaria registou-se pouco depois da meia-noite de domingo, no largo Luís de Camões- um dos locais mais movimentados do centro histórico de Cascais, onde proliferam, cafés, restaurantes e bares.

Na sequência das agressões, um dos homens, de 47 anos, teve necessidade de ser socorrido e transportado à urgência do Hospital de Cascais pela guarnição de uma ambulância dos Bombeiros Voluntários de Cascais, confirmou, a Cascais24, o comandante João Loureiro, que não soube precisar mais pormenores.

Mais tarde, e por aquela unidade de saúde não dispor de urgência oftalmológica, o ferido foi transferido para o Hospital de Santa Maria para ser submetido a intervenção.

Segundo avança esta terça-feira o "Correio da Manhã", em consequência da agressão "terá mesmo perdido uma vista".

Ainda de acordo com o CM, o homem foi "agredido com socos e pontapés no rosto e na cabeça" a poucos metros de um dos bares existentes no largo Luís de Camões.

Fonte policial disse, a "Cascais24" que a contenda envolveu apenas os dois homens e que o ferido terá declarado "que não conhecia o agressor".

A PSP procura agora descortinar os contornos da cena de pancadaria, bem como informações que permitam chegar ao alegado agressor, o qual ter-se-á colocado em fuga antes da chegada dos Bombeiros e da polícia.





Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."